César Leite, empresário serra-talhadense - Foto: Arquivo Pessoal
César Leite, empresário serra-talhadense – Foto: Arquivo Pessoal

O empresário César Leite Adriano de Lima, de 54 anos, vítima de homicídio na tarde desta segunda-feira (10) já teria sofrido dois outros atentados a tiros em Serra Talhada.

O último caso foi registrado no dia 2 fevereiro de 2016, também numa segunda-feira.

O caso também ocorreu na PE-365, nas imediações da Subestação da Celpe, a alguns metros do local onde César Leitinho seria morto oito anos depois.

Receba as manchetes do Farol em primeira mão pelo WhatsApp (clique aqui)

César tinha imóveis na localidade e trafegava com frequência pela área. Na época, homens armados se aproximaram do veículo conduzido pela vítima e efetuaram vários disparos de arma de fogo.

Veja também:   Filho suspeito de matar a mãe a pedradas é preso no Sertão

César conseguiu fugir dos criminosos e mesmo baleado conduziu seu veículo até o Hospam.

Os principais fatos de Serra Talhada e região no Farol pelo Instagram (clique aqui)

HOMICÍDIO QUE VITIMOU CÉSAR LEITE

Serra-talhadense César Adriano Leite é assassinado a tiros na PE-365