Do Diario de Pernambuco 
Bruxelas, Bélgica – Grande parte do sul e do leste da Bélgica acordou debaixo d’água nesta quinta-feira (15/7), especialmente na área metropolitana de Liège, e pelo menos duas pessoas foram encontradas mortas em meio a enchentes causadas por chuvas torrenciais – informou a imprensa local.
O tráfego ferroviário teve de ser interrompido na noite de quinta (14/7), em particular nos acessos para Liège, em virtude do alagamento de estradas, queda de árvores, deslizamentos de terra e pelo menos um descarrilamento, anunciou o administrador da rede Infrabel.
A paralisia afeta “uma grande parte de Valônia” (sul e leste do país), relatou a porta-voz da Infrabel, Jessica Nibelle, que se referiu a uma situação “sem precedentes”. Nesta quinta, nenhum trem da rede Thalys circulará entre Bruxelas e destinos na Alemanha, informa no site a empresa, que administra estas conexões internacionais. A Alemanha também sofre com as fortes chuvas.
As autoridades da província de Liège, particularmente afetada, ainda não conseguiram fazer uma avaliação dos danos, mas já pediram prioridade nas operações de socorro.
Veja também:   Vandinho diz que pode estar sendo vítima de perseguição na CMST