Cia Artefolia realiza seminário de Frevo em Serra Talhada

Da Assessoria

Neste mês de março a companhia Artefolia aporta em Serra Talhada para a realização do seminário NESSA RODA CABE, um evento itinerante, de caráter artístico e formativo realizado pelos artistas-pesquisadores do grupo.

O evento, que é gratuito, é aberto para moradores do município e entorno que têm trabalhos e experiências com danças populares e acontecerá de 1 a 3 de março, no Museu do Cangaço.

“Nós temos, desde a fundação do grupo, uma pesquisa de frevo que já teve diversos desdobramentos, não só nas nossas pesquisas para a criação artística, como na trajetória individual de cada integrante, o que permitiu que fôssemos atravessados por muitos olhares complementares. Dessas trocas, nasceram nossas inquietações e a vontade de partilhar esse conhecimento. Vai ser uma boa oportunidade de conseguirmos nos conectar com outros fazedores da dança e entender como se desenvolve o Frevo e suas provocações nesses lugares”, comentou a diretora do Artefolia, Marília Rameh, sobre o seminário.

Veja também:   Vereador revela frase de ódio do agressor do advogado em ST

A atividade já passou pela cidade de Petrolina com uma programação composta por atividades teóricas e vivências práticas, exercitando corporalidades derivadas e possibilitadas pelo Frevo, tendo como disparador dos trabalhos e
compartilhamentos das experiências da Cia. Artefolia e de grupos e artistas convidados.

De acordo com Anne Costa, o encontro é uma oportunidade de escoamento e difusão das pesquisas já desenvolvidas pelo grupo.

“Vamos mostrar nossas pesquisas, compartilhar processos de criação e conteúdos desenvolvidos, além de produzir um conteúdo específico desta troca a cada seminário, e que ficará disponível em formato acessível, com audiodescrição, de forma gratuita, no nosso site para download”, completa a assessora artística da Cia. Artefolia e coordenadora pedagógica do seminário juntamente com Jefferson Figueirêdo e
Marília Rameh.

Veja também:   Confira a previsão de hoje (21/02) para seu signo

Para a sua realização o projeto obteve financiamento do FUNCULTURA e apoio da Fundação Cabras de Lampião, Museu do Cangaço e SerTão Frevo.

PROGRAMAÇÃO

Dias: 1, 2 e 3/03/2024

Local: Museu do Cangaço

Dia 1: “ABRE-ALAS

9h – Abertura

. Exibição da videodança Cupim de Ferro
. Boas vindas
. Compartilhamento da trajetória do grupo e da pesquisa na Sola do Pé |
Cia. Artefolia
. Exibição do documentário Na Sola do Pé e conversa com integrantes da
Cia. Artefolia.
. Partilha de experiências (público participante)

12h – ALMOÇO

14h – RETORNO

14h30 – “PARAFUSO”: o tempo espiralado

Veja também:   Leitora do Farol recebe R$ 900 após sorteio ao vivo

Apresentação do resultado da pesquisa “Faz que vai, mas não vai”: frevo e história da dança, caminhos possíveis de idas e vindas, de Jefferson Figueirêdo com exibição da videodança.

15h30 – Conversa com as pessoas participantes.

17h30 – Encerramento

DIA 2: “ESPALHANDO BRASAS”: compartilhando experiências

9h – Vivência-brincadeira – experiência prática aberta ao público

12h – ALMOÇO

14h às 18h – A Cia. Artefolia convida artistas das cidades para conversar

sobre suas práticas em danças populares/ tradicionais (interno)

Artista 1
Artista 2
Artista 3

Dia 3 – “TROCADILHO”: dialogando com artistas

9h às 12h – Apresentação das trocas com as pessoas artistas (aberto ao público)

12h às 13h – Agradecimentos| Cia. Artefolia – Encerramento.