Confirmação de aumento no salário mínimo para este ano foi liberada
O pagamento é feito pela Receita Federal (Crédito: José Cruz / Agência Brasil)

Por FDR Notícias

governador do Paraná, Carlos Massa Ratinho Junior, assinou um decreto que aumenta o valor do salário mínimo estadual. A medida passou a valer ainda em fevereiro deste ano, e segundo o governo local os novos pisos salariais são os maiores do país.

Salário mínimo estadual

Além do salário mínimo federal, usado para estabelecer o mínimo que um trabalhador pode receber por 8 horas diárias de serviço, há ainda o piso salarial do estado. Definido por lei esse piso deve ser obrigatoriamente maior que o valor nacional. 

Veja também:   Novo salário-mínimo de R$ 1.640 tem reajuste para este grupo de brasileiros

Receba as manchetes do Farol de Notícias em primeira mão pelo WhatsApp (clique aqui)

Não são todos os estados que possuem salário mínimo, de 26 unidades federativas apenas 5 possuem o seu próprio piso. São elas: São Paulo, Rio de Janeiro, Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul.

A quantia que é determinada por lei deve ser usada para profissões específicas. Isso significa que dentro daquela região, ao ocupar um cargo que esteja dentro da tabela, o cidadão não pode receber menos do que o salário mínimo da sua classe trabalhista.

Veja também:   Saiba como administrar um salário mínimo sem sufoco

Salário mínimo do Paraná

salário mínimo do Paraná foi definido pelo Conselho Estadual do Trabalho, Emprego e Renda (Ceter), e levou em consideração o piso federal que subiu de R$ 1.320 para R$ 1.412. Também se levou em conta a evolução do Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC), que encerrou o ano com alta de 3,71%.

Considerando esses valores, o reajuste médio do piso salarial do estado foi de 6% em relação aos valores praticados até então, que ficavam entre R$ 1.749,02 e R$ 2.017,02.

Veja também:   Novo salário-mínimo de R$ 1.640 tem reajuste para este grupo de brasileiros

Os principais fatos de Serra Talhada e região no Farol de Notícias pelo Instagram (clique aqui)

Agora, os valores ficaram em:

  • Faixa 1 – de R$ 1.749,02 para R$ 1.856,94 – Atende ao grande Grupo 6 da CBO;
  • Faixa 2 – de R$ 1.816,60 para R$ 1.927,02 – Grandes Grupos 4, 5 e 9 da CBO;
  • Faixa 3 – de R$ 1.877,19 para R$ 1.989,86 – Grandes Grupos 7 e 8 da CBO;
  • Faixa 4 – de R$ 2.017,02 para R$ 2.134,88 – Grande Grupo 3 da CBO.