Conheça as melhores formas de deduzir o valor pago no Imposto de Renda
Foto: Marcello Casal Jr/Agência Brasil

Por Catraca Livre

É direito do contribuinte receber uma espécie de reembolso relativo a alguns gastos por parte da Receita Federal na hora de declarar o Imposto de Renda. É o que chamamos de dedução. Ótimo, não? Sim. Mas você sabe o que pode ser deduzido no Imposto?

Quem responde a esta questão é o professor de Ciência Contábeis da Faculdade Anhanguera Carlos Moraes:
“Primeiramente, é importante destacar que as despesas dedutíveis precisam de comprovação e entram apenas na Declaração Completa. A quantidade de doações a fazer influencia a forma como você vai fazer a sua declaração de Imposto de Renda. Se for a declaração completa, podem ser deduzidas as despesas com educação do próprio contribuinte e seus dependentes, bem como dos alimentandos, as despesas médicas (que não há um limite máximo para a dedução), a previdência privada e social (no caso da previdência privada, é possível deduzir as contribuições chegando até 12% da renda bruta anual do contribuinte. A Previdência Social é aquela que já tem a dedução automática no salário do trabalhador)”.

Receba as manchetes do Farol de Notícias em primeira mão pelo WhatsApp (clique aqui)

“Podem ser deduzidas as despesas com dependentes, pode ser deduzidas também pensão alimentícia (desde que o valor seja estabelecido por decisão judicial ou acordo homologado judicialmente ou escritura pública específica) e também pode ser deduzido despesas com doação. Para que a doação seja dedutível no Imposto de Renda, é preciso que ela seja feita as entidades beneficentes cadastradas que cumpram os requisitos estabelecidos pela Receita Federal”.

Os principais fatos de Serra Talhada e região no Farol de Notícias pelo Instagram (clique aqui)

Lembrando que todos os gastos dedutíveis listados pelo professor Carlos são relativos à declaração completa do Imposto de Renda. Caso o contribuinte opte pelo modelo simplificado de declaração, ele terá uma dedução automática de 20% do valor a ser pago para a Receita Federal. O próprio programa já faz o cálculo para o contribuinte

Veja também:   2º lote da restituição do imposto de renda

O prazo para declaração do Imposto de Renda 2024 vai até 31 de maio.