De O Povo

Um corpo do sexo masculino foi encontrado em Maracanaú, Região Metropolitana de Fortaleza, no bairro de Timbó. O crime aconteceu no conjunto habitacional Dummar 3, na noite dessa sexta-feira, 15, conhecida como Sexta-feira da Paixão pela fé cristã, que é quando se celebra a ressurreição de Jesus Cristo, que foi crucificado.

Um fato que chama a atenção é que o corpo, ainda não identificado, foi encontrado nesta sexta tem características parecidas com as que fizeram com um corpo de Jesus Cristo, segundo a tradição cristã. A começar pela forma como a vítima foi deixada, com os braços abertos e os pés cruzados. As mãos na mesma posição e com diversos ferimentos nas mãos, na testa.

O homem tinha ferimentos no corpo inteiro e uma das únicas partes do corpo que estava sem sangue era uma tatuagem de Nossa Senhora. A forma como o corpo foi deixado lembrava uma crucificação, forma típica de tortura e execução do Império Romano no período de Cristo.

Por meio de nota, a Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS) informou que a vítima tinha 32 anos de idade que foi encontrada com perfurações ocasionadas por disparos de arma de fogo.

“Equipes do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) e da Perícia Forense do Ceará (Pefoce) compareceram ao local, onde foram coletados indícios que subsidiarão as apurações. O caso seguirá sob apuração do Núcleo de Homicídios e Proteção à Pessoa (NHPP) da Delegacia Metropolitana de Maracanaú, que é a unidade policial que cobre a região”, divulgou o órgão.

O POVO recebeu imagens do cadáver, mas opta por não publicá-la para não expôr a vítima e leitores, diante da violência da cena.

Veja também:   Fim da Lei Seca? STF decide sobre modificações na legislação