Do Diario de Pernambuco 
Homens e mulheres que escrevem os roteiros cinematográficos nos Estados Unidos elegeram “Corra!”, thriller racial de Jordan Peele, como o melhor roteiro do século XXI.
Os membros do Sindicato dos Escritores da América votaram na produção de 2017 como o melhor roteiro para um filme dos últimos 21 anos, situando-o como o de número um em uma lista de 101 produções.
O romance “Brilho Eterno de uma Mente sem Lembranças”, protagonizado por Jim Carrey e Kate Winslet, ficou em segundo lugar, enquanto a fita que narra os primórdios do Facebook, “A Rede Social”, e o sucesso sul-coreano “Parasita”, situaram-se em terceiro e quarto, respectivamente.
A lista eclética reconheceu filmes tão variados quanto a animação de aventura “Os Incríveis”, a ação “Onze Homens e um Segredo”, o falso documentário “Borat”, e o intrincado “A Origem”, dirigido por Christopher Nolan.
“O conceito de ‘escrever para a tela’ é uma crise existencial”, explica em artigo o Sindicato de Escritores da América.
“O sistema dos estúdios deu lugar ao streaming, onde tudo, não importa a fonte, disputa a atenção. Esta (…) democratização do conteúdo também mudou muito as regras”, acrescenta o texto.
“A profundidade do personagem, antes restrita apenas ao gênero dramático, ou o conteúdo não estão fora de lugar em filmes de super-heróis ou de damas-de-honra excêntricas”.
Ainda segundo o comunicado, os roteiros podem misturar vários gêneros e não se restringir a um exclusivamente.
A lista dos melhores roteiros do século dá continuidade a outra lançada há 15 anos, que coroou o suspense “Casablanca” como o melhor roteiro de todos os tempos, seguido da produção sobre a máfia italiana nos Estados Unidos “O Poderoso Chefão”.
Veja também:   Justiça afasta 8 PM após morte de indígena em Carnaubeira