DECISÃO: TCE condena festival de contratações realizadas na AESET em 2008O Tribunal de Contas de Pernambuco (TCE) divulgou o Acórdão TC-2519/13, nessa segunda-feira (13), julgando irregulares 164 contratações temporárias realizadas em 2008, pela Autarquia Educacional de Serra Talhada (AESET), no período da gestão do presidente Pedro Melo. A decisão foi da 2ª Câmara do TCE que teve o conselheiro Marcos Flávio de Almeida como relator e foi publicada no Diário Oficial do Estado no dia 27 de dezembro.

De acordo com a decisão do TCE, o presidente da autarquia foi notificado mas não fez a sua defesa. Além disso, segundo o relatório, não há provas da publicidade das contratações temporárias e o gestor repetiu erros anteriormente apontados pelo tribunal. O Diário Oficial ainda traz a relação dos nomes de todos os contratados e respectivos números dos contratos. Entre eles, professores, auxiliares administrativos, professores substitutos e vigilantes. A punição do tribunal revela que há brechas para que seja feito um concurso público na Autarquia Educacional de Serra Talhada.

Veja também:   ASFALTO NA MALHADA: Secretário reconhece buraqueira, mas espera providência do Governo de PE