Da CNN Brasil

Manifestante segura cartaz com rosto de George Floyd durante protesto em Nova York
03/06/2020
REUTERS/Caitlin Ochs

A votação democrata aumentou em condados onde, em 2020, ficam as cidades que foram palco de duas mortes de negros pela polícia, casos que repercutiram muito nos EUA e no mundo e provocaram grandes manifestações – o presidente Donald Trump chegou a condenar alguns desses atos.

Em maio, em Minneapolis, no estado de Minnesota, um policial branco pressionou o joelho contra o pescoço de George Floyd, que morreu sufocado. Em 2016, no condado de Hennepin, onde fica a cidade, a democrata Hillary Clinton teve 63,1% dos votos, contra 28,2% dados a Trump. Agora, Joe Biden ficou com 70,7% da votação; Trump, com 27,3%.

No mês seguinte, na Geórgia, Rayshard Brooks foi morto no estacionamento de um restaurante de Atlanta, condado de Fulton. Lá, na eleição passada, Hillary foi escolhida por 67,7% dos eleitores; Trump, por 26,8%. Agora, Biden teve 72,6% dos votos; Trump, 26,2%.