Frio, chuva e geada no Rio Grande do Sul - Foto: IGO ESTRELA/METRÓPOLES @igoestrela
Frio,chuva e geada no Rio Grande do Sul – Foto: IGO ESTRELA/METRÓPOLES @igoestrela

Por Metrópoles

O Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) alerta para a queda de temperaturas a partir deste fim de semana no Rio Grande do Sul e, com isso, unindo o frio às chuvas que destroem o estado. Porém, na semana que vem, há possibilidade de diminuição das precipitações.

O relatório do Inmet, em conjunto com o Centro Nacional de Monitoramento e Alertas de Desastres Naturais (Cemaden), o Centro Nacional de Gerenciamento de Riscos e Desastres (Cenad) e o Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe), fala da passagem de uma frente fria de origem polar e o ingresso de uma massa de ar frio e seco.

Veja também:   Volume de chuva em ST foi maior que os últimos 3 meses

Receba as manchetes do Farol de Notícias em primeira mão pelo WhatsApp (clique aqui)

Isso acontecerá com mais intensidade a partir de segunda-feira (13/5) e tem como possível resultado “uma queda acentuada das temperaturas” e a diminuição de chance de chuvas durante a próxima semana.

Frio abaixo dos 10°C

Na terça (14/5), temperaturas entre 3°C e 4°C na Região da Campanha e Serra Gaúcha. Em Porto Alegre, a mínima deve ficar em torno dos 8°C. E as máximas em alguns municípios da Serra Gaúcha não passam dos 10°C.

Veja também:   Chuva provocou mais lama e caminhão atolou em ST

Os principais fatos de Serra Talhada e região no Farol de Notícias pelo Instagram (clique aqui)

A fronteira entre Uruguai e o Rio Grande do Sul bate os 5°C e aumenta as condições para geada.

Mas os termômetros com índices mais baixos já acontecem neste fim de semana. As medições mostraram que a sexta-feira (10/5) foi o dia mais frio de 2024 em Porto Alegre.

“A capital gaúcha registrou a menor temperatura mínima de 2024, 12,6°C, e a menor máxima deste ano, 18,3°C”, informa o site Climatempo.

Veja também:   RS registra primeira morte por leptospirose após enchentes