Do Diario de Pernambuco 

O governador de São Paulo, João Doria (PSDB) rebateu nesta terça-feira (15) o comentário feito pelo presidente Jair Bolsonaro a apoiadores na saída do Palácio da Alvorada. O chefe do Executivo ironizou o tucano, mais cedo, pedindo para que o mesmo organizasse uma motociata para ver se alguém compareceria. “E agora São Paulo está decidindo novos lockdowns. Qual é o objetivo do cara? Manda ele organizar um passeio de moto lá, vê se vai alguém ver”, disparou.

Por meio das redes sociais, Doria respondeu à investida de Bolsonaro chamando-o de “Capitão Cloroquina”, destacando que primeiro vem a “vacinata” e depois a motociata. “Capitão Cloroquina, depois que terminarmos nossa Vacinata e salvarmos vidas, a gente pensa em descer pro play para brincar com vocês”.
O governador paulista ainda brincou com o apelido dado por bolsonaristas de “calça apertada”, colocando emojis de calça jeans e uma cueca após a mensagem, a qual finalizou mandando um “abraço”.
Os dois seguem trocando farpas. Na segunda-feira (14), Bolsonaro afirmou que Doria tem “sede de poder” e o atacou, dizendo que o governador “não consegue administrar o estado dele e quer comandar o Brasil”.
Doria pode ser um dos adversários de Bolsonaro na campanha à reeleição em 2022. No último sábado (12), o governo de São Paulo informou que equipes da Saúde e da Segurança Pública autuaram o presidente por ter sido flagrado sem máscara durante a manifestação com motociclistas que realizou na capital paulista.
Veja também:   Bolsonaro ataca STF e diz que Brasil tem credibilidade