Duque inaugura tom ácido contra Márcia: 'É a prefeita usurpadora'

Fotos: Licca Lima/Farol de Notícias

O deputado estadual, Luciano Duque, concedeu uma dura entrevista ao Programa do Farol no Youtube neste sábado (23) onde expôs vários pontos fracos da gestão Márcia Conrado.

Chamou a atenção nas declarações do ex-prefeito o fato dele elevar o tom das críticas de uma forma direcionada nominalmente à Márcia.

Sobre isso, fez questão de dizer que não era pessoa de ficar falando por arrodeios, afirmando não ter medo de falar o que deve ser dito.

As duras críticas desferidas pelo ex-prefeito quebraram um padrão que Duque vinha mantendo em entrevistas, em que buscava se posicionar de forma mais amena com relação à administração municipal.

Veja também:   Márcia Conrado debate futuro do esporte em ST

Nos bastidores do programa, Duque foi indagado pelo apresentador Giovanni Filho acerca da mudança de postura. Luciano ratificou o comportamento nestas palavras: “Isso é só o começo!”

Duque inaugura tom ácido contra Márcia: 'É a prefeita usurpadora'

Em uma de suas avaliações mais ácidas, neste sábado (23), Duque classificou Márcia de “a usurpadora dos direitos e dos sonhos do povo”.

Ao lado do seu pré-candidato a prefeito, o vereador Ronaldo de Deja, Luciano elencou uma série de falhas na condução de recursos públicos em Serra Talhada durante a gestão Márcia Conrado.

Citou, especialmente, o caso em que servidores não puderam sacar salários pela ausência de repasse da Prefeitura aos bancos, que estão descontando no contra-cheque dos trabalhadores.

Veja também:   Carlos promete auditoria nas contas de Duque

O caso vem sendo investigado pelo Ministério Público, que recomendou ao governo Márcia Conrado a urgente resolução do problema [veja aqui].

Duque inaugura tom ácido contra Márcia: 'É a prefeita usurpadora'

“Agora eu vou colocar, o que de fato é a prefeita de Serra Talhada: porque ela chega [dizendo], eu destravei a obra do Altino Ventura, 3 anos! Carlos Veras deixou R$ 1,6 milhão, ela [Márcia] passou três anos para terminar de botar um ar-condicionado e uma central de gás… Passou três anos, se isso for destravadora deve estar destravando muito devagar. O Mercado Público da mesma forma: passou três anos para poder destravar. Mas de fato, ela é usurpadora do direito e dos sonhos do povo”, disparou Luciano, elevando o tom:

Veja também:   Mulher vive "noite de terror" em ST após receber ameaça de morte

“Parece a novela mexicana [A Usurpadora, de 1998]. Vocês sabem o que é usurpar: é pegar o que é teu e tomar. E está tomando o dinheiro do consignado, está tomando o dinheiro que paga o plano de saúde do povo, do fundo do servidor, está tomando a contribuição sindical dos professores e do agente de saúde. Isso não se chama destravar não, minha querida Márcia. Isso se chama usurpar o que é dos outros. Então hoje você está denominada como a prefeita usurpadora!”

VEJA ESSE TRECHO POLÊMICO DA ENTREVISTA NO VÍDEO ABAIXO