Seis meses após a posse do advogado Esterfeson Nogueira, como presidente da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB-seccional Serra Talhada) a entidade realiza nesta segunda-feira (3) uma eleição indireta para o cargo de vice-presidente. O pleito acontece devido a saída do advogado Emanoel Rodrigues, que renunciou ao cargo.

A chapa da OAB eleita em outubro passado nasceu sob o signo da unidade, mas pela vice-presidência três candidatos disputam a vaga: Theunas Peixoto, Pio Alves Queiroz e Luciene Pereira. Dependendo do resultado do pleito, as urnas irão revelar se a OAB se mantém unida ou será o início de um racha anunciado. As eleições acontecem entre 16h e 17hs e apenas 17 conselheiros terão direito a voto.

Segundo o presidente da OAB, Esterfeson Nogueira, a eleição indireta segue a orientação do estatuto da entidade e o risco de divisão está descartado. “Não acreditamos em racha pois a renúncia do vice-presidente foi por razões pessoais. Não foi nada imposto ou colocado de guela abaixo”, resumiu Nogueira.

Veja também:   Bolsonaro agora virou uma espécie de 'Mãe Diná' na politica brasileira