Em reunião com Hadad, Márcia revela preocupação com FPM

Publicado às 05h40 desta sexta-feira (11)

A prefeita de Serra Talhada, Márcia Conrado (PT), que também preside a Associação Municipalista de Pernambuco (AMUPE), se reuniu, nesta quinta-feira (10), em Brasília, com o ministro da Fazenda, Fernando Haddad. Ao lado do deputado federal Fernando Monteiro, Márcia Conrado levou ao ministro sua preocupação com as sucessivas reduções no repasse do Fundo de Participação dos Municípios (FPM), recurso fundamental para 7 a cada 10 cidades.

De acordo com dados repassados na reunião, somente em junho, foi registrada uma queda de 33% do FPM, com relação ao mesmo período do ano passado. Márcia ainda mostrou que, além disso, menos de 20% das emendas empenhadas pelo Governo Federal em 2022 foram pagas até então. “Muitos prefeitos estão apreensivos com este atraso, que piora toda a situação. Vários municípios têm como principal fonte de renda o FPM e precisamos nos unir para que serviços essenciais à população não sejam impactados”, relatou a Prefeita.

Veja também:   Mulher é agredida e ameaçada de morte em ST

No encontro, que também contou com a participação dos prefeitos de Buíque, Arquimedes Valença, e de Dormentes, Josimara Cavalcanti, o ministro Fernando Haddad disse que conhece a gravidade do momento e que, de posse dos dados detalhados dos municípios, irá tratar diretamente com o presidente Lula.

O deputado Fernando Monteiro pontuou que a situação está preocupante. “A redução de receitas, incluindo a quota parte municipal do ICMS, e o aumento das despesas de custeio e pessoal, tem deixado muitos dos nossos municípios em alerta”, frisou.