DSC_0158

O destino os uniu na música e no amor. A história dos cantores Diego Rios e Jessica Pimentel começou nos palcos com a banda Noda de Caju e aos poucos os amigos de trabalho se tornaram amantes. Hoje Diego e Jessica estão casados na vida e na carreira com um projeto novo, a Banda Destino. Em entrevista ao FAROL DE NOTÍCIAS, o casal contou um pouco da trajetória musical e como o relacionamento surgiu, além de dar detalhes sobre os planos com a nova banda que promete um DVD em breve. O repórter fotográfico Alejandro García registrou todos os detalhes da visita. Confira a entrevista na íntegra!

ENTREVISTA DIEGO RIOS E JESSICA PIMENTEL – BANDA DESTINO

FAROL: Boa tarde Diego Rios, Boa tarde Jessica Pimentel. Obrigada pela visita a redação do FAROL, é um prazer recebê-los. Gostaríamos de começar sabendo um pouco sobre a carreira de vocês. Como tudo começou? Falem um pouco sobre as bandas que vocês passaram até chegar a Banda Destino.

DIEGO RIOS: Alô galera que curte o FAROL DE NOTÍCIAS. A gente montou esse projeto agora da Banda Destino, mas saímos do Forró Noda de Caju e montamos a Banda Destino. Eu já venho com 15 anos de carreira musical, já passei por bandas renomadas como Forrózão Tropicalia, Moleca 100 Vergonha, Banda Fascínio de Alagoas, a qual eu tenho muito carinho; Noda de Caju e hoje com a minha esposa a Banda Destino. Onde a gente faz o show da gente, com nossas músicas e durante o show a gente tem o Bar da Saudade, que a gente faz o acústico do forró das antigas, que a galera curte muito. Inclusive a gente estreou em Serra Talhada e a galera abraçou com muito carinho. Eu fiquei muito feliz.

JESSICA PIMENTEL: Muito obrigada ao pessoal do FAROL. Eu comecei há 12 anos e passei por várias bandas: Capital do Sol, Bruceloses, até bandas daqui de Serra Talhada como a Banda Vizzu, Congrus, entre outras. Não é fácil, mas a gente está na luta, como o Diego falou a nossa estreia foi com um momento do nosso show, o Bar da Saudade. Nesse sábado, dia 3, vamos estrear com a Banda Destino no distrito de Varzinha e estamos na luta.

Veja também:   Deputados vão ao STF para que Dilma explique por que chama impeachment de golpe

FAROL: Como vocês pensaram o projeto da Banda Destino? O que os fãs de Diego Rios e Jessica Pimentel poderão curtir nos shows?

DIEGO RIOS: O nome da banda é destino, o nome destino veio do meu relacionamento com a Jessica. Trabalhávamos juntos na Noda de Caju e nos envolvemos, acabamos tendo muita afinidade e resolvemos montar um projeto, mas dando continuidade ao romantismo, que eu acho que de certa forma está um pouco escasso. Você falar de amor sem falar de sofrência, você juntar ao invés de separar. A gente veio com esse objetivo que ao invés de sofrer, trazer saudade e dessa saudade trazer união. O nosso CD é romântica, a gente vem levantando a bandeira do forró romântico, não só do forró romântico, mas também tem alguns arrochas românticos, alguns já tocando bastante nas rádios como a música “Não diga Adeus”, “Cai as lágrimas”. A galera já canta, já pede, a música “Meu Destino”, que inclusive é o nome do nosso show que deu origem ao nome da banda.

DSC_0148

FAROL: Já que a banda originou da história de amor de vocês, contem um pouco de como vocês se tornaram um casal. Contem a história de amor de vocês.

JESSICA PIMENTEL: Primeiramente amigos, antes de tudo muito parceiros. Então, quando nos conhecemos, tem mais ou menos um ano e três meses, mas juntos estamos há aproximadamente seis meses. Moramos juntos e aconteceu, é o amor.

Veja também:   funcionário é torturado e estuprado por patrão

FAROL: E com relação ao futuro? Vocês já traçaram os planos da banda? Irão gravar CD?

DIEGO RIOS: Já gravamos o nosso CD, contamos com a parceria muito forte daqui de Serra Talhada, o Duda Ferraz que já se tornou um membro da banda e veio para multiplicar, faz parte desse novo projeto. Estamos com os planos de gravar um DVD, já que o CD abriu as portas e estamos fazendo vários eventos de grande porte no Sertão. Temos muitos amigos que nos ajudam, o Welington, o Rafael Maia, a Econis também. Entrou todo mundo na parceria, porque é um projeto diferente, às vezes você vai assistir um show e três bandas que passam é tudo igual. A gente entra com um projeto diferente, a gente entra falando de amor e entra trazendo o que marcou época. Quem nunca amou ouvindo Mastruz com Leite, Magníficos, Cavalo de Pau, Noda de Caju, Limão com Mel, Calcinha Preta? Então a gente também resgata isso que faz bem. Tem gente que chega para gente e diz: ‘olha, eu comecei a namorar com aquela música; eu me casei com aquela música’. A gente vem com um show levantando a bandeira do romantismo.

FAROL: Gostaria que vocês falassem um pouco mais sobre o Bar da Saudade. Como acontece? Quem não puder contratar o show da Banda Destino podem contratar apenas o Bar da Saudade?

JESSICA PIMENTEL: Sim, pode sim. O forró das antigas marcou. Quem não casou, quem não namorou ouvindo essas músicas? E recordar é reviver. Quem quiser contratar o Bar da Saudade pode, mas contratando a Banda Destino contrata também o bar da saudade comigo e com o Diego.

Veja também:   Prêmio Jabuti completa 60 anos quer renovação

DSC_0141

DIEGO RIOS: O bar da saudade é com apenas metade da banda, mas com o show completo vai poder curtir todos os nossos sucessos e o bar da saudade. Nesse momento do show fazemos um acústico com o forró das antigas, todos sentados. E graças a Deus, aqui em Serra Talhada a repercussão foi 100% positiva. Colocamos umas 50 mesas para vender lá no Rangus, mas foram 75 mesas vendidas. Tivemos que pegar mesas emprestadas, não esperávamos o público que compareceu. Batemos bem forte na divulgação e acabou excedendo, passamos também do horário porque o público não queria ir embora. Só foram quando a gente terminou e isso foi muito gratificante. O boca a boca é que o show foi maravilhoso e isso é que é importante, o reconhecimento das pessoas que estavam lá não estavam dançando, não estavam dançando. Todos sentados e vendo o nosso trabalho, ficamos muito felizes.

FAROL: Quem são os outros integrantes da Banda Destino?

DIEGO RIOS: Tem o Elvis, guitarrista; o Cléber, tecladista; o Naldo, sanfoneiro; Berlan, o baterista; Eduardo, baixista. Além da cantora e minha esposa Jessica Pimentel e eu, o outro vocalista, Diego Rios.

FAROL: Quem quiser contratar vocês pode entrar em contato através de quais telefones ou redes sociais?

DIEGO RIOS: Os nossos telefones de contato são todos com o DDD (87) 9.9952-7714, 9.9660-6338 e 9.8163-1918. Além do Facebook pela página Banda Destino e os perfis individuais Diego Rios e Jessica Pimentel. Aceitamos todos, sempre que podemos falamos com nossos fãs e estamos próximos deles. Recebemos muito carinho, sempre conversamos quando dá tempo, mas há medida do possível damos toda a atenção.

DSC_0137

BANDA DESTINO CANTA ALGUNS DOS PRINCIPAIS SUCESSOS PARA O FAROL