Escritor sertanejo luta pelo sonho de publicar 35 livros inéditos

Publicado às 05h05 desta segunda-feira (13)

Imerso nos livros, um jovem sertanejo acredita que a leitura e a escrita sempre foram um meio de viajar por diversos mundos. Flávio Rosa, tem 42 anos, é natural de Floresta, e técnico em informática. Desde muito pequeno escreve poemas, contos, crônicas, romances e novelas. Em seu acervo afirma que já conta com cerca de 35 livros escritos.

Em conversa com o Farol de Notícias, Flávio revelou que o seu maior prazer na vida é trabalhar com educação e cultura. Mas é na literatura que alimenta seus maiores sonhos. Para ele, a dificuldade de se tornar um grande escritor é a falta de incentivo para os artistas no Sertão. Sobretudo, a realidade atinge artistas negros no Brasil inteiro.

Veja também:   PIS/PASEP zerado? Saiba como conferir o valor que você tem direito

“Sou escritor, poeta, tenho projetos de cultura e educação progresso. Porém, estou sem patrocínio. Ao todo escrevi 35 ou mais livros entre contos, crônicas poesias romances e novelas, mas com tanta falta de oportunidade. Estou pensando em desistir. Para mim é fácil escrever, mas é difícil publicar”, lamenta.

POESIA – O nome da minha saudade

Do nada senti saudade

ao mesmo tempo senti você bem perto de mim

conforta-me ao mesmo tempo saber que

Eu te amo tanto

Veja também:   Estômago pode "explodir" por comer demais?

E nada pode me tirar de ti

Alivia-me o fato,

de termos um ao outro
Pra sempre

Do nada,senti saudade e no mesmo instante eu

soube,
Nunca serei capaz,

de amar tanto alguem,

de ser tao grato a alguem como sou por vc

Fiz essa cancao pra te falar,que nada vai me separar

De voce!!!