De Faroleiro Observador, de Serra Talhada

“No mercado público a descarga de carnes é feita ao mesmo tempo em que se carrega o lixo e restos de ossos. Estas  fotos foram tiradas no dia 16/09/2013 ás 16:46. No momento do registro, estava a maior fedentina devido os restos de ossos e carnes que estavam sendo jogado no carro do lixo. Observe que o carro do lixo está estacionado ao lado do descarrego de carnes, que por sua vez está estacionado em fila dupla provocando o congestionamento de veículos na rua Dep. Afrânio  Godoy. Para evitar o congestionamento foi colocado baldes de lixo do mercado no meio da rua como mostram as fotos. É preciso ter um olhar diferente sobre o cotidiano da cidade”, escreve o leitor.

EM TEMPO: O diretor do mercado público, Rosimério de Cuca, entrou em contato com o FAROL nesta terça-feira- às 9h- e reclamou da falta de disciplinamento do trânsito. Segundo ele, existe uma placa de carga e descarga na entrada do mercado mas que está sempre ocupada por veículos menores. Ou seja, desrespeitando as leis. O fechamento da rua foi necessário porque não tinha nenhum policial para punir os motoristas infratores.

Veja também:   Diretoria da Asserpe é reeleita nessa quinta-feira