Do g1 Caruaru

Estudantes da Escola de Referência em Ensino Médio (EREM) Ovalo Bilac, em Sertânia, no Sertão de Pernambuco, criaram um projeto para jovens de 16 e 17 anos tirarem o título de eleitor. Com o tema “Sou protagonista juvenil, sou cidadão, tenho título de eleitor”, o projeto foi desenvolvido dentro da disciplina de protagonismo juvenil, do professor Esequias Cardoso, que foi introduzida ao novo ensino médio.

“A ideia surgiu a partir da própria turma do 1º ano A, quando perceberam que eles próprios podiam ser protagonistas na promoção por um democracia plena”, destacou o professor ao g1. Uma das alunas da turma, Vilmara Rayane, de 15 anos, ressaltou que o projeto foi bem acolhido pela direção da escola: “em seguida fizemos cartazes e colocamos nas salas, nesses cartazes contém as informações necessárias para tirar o título”.

De acordo com Vilmara, a turma fez uma listagem dos alunos que irão podem tirar o título neste ano e irá colocar o projeto em prática na terça-feira (26). “Será feio pelos notebooks do laboratório de informática e celulares dos próprios alunos, já que o alistamento eleitoral poderá ser feito totalmente online”, explicou o professor Esequias.

Questionado sobre a importância de tal iniciativa, o professor pontuou: “desperta logo cedo o senso de cidadania e, sobretudo, de saber da importância de participar da história política do país, fazendo a diferença e até influenciando a vida de outros jovens que muitas vezes não percebem a imensidão dessa ação”.

Veja também:   Ex-ministro de Bolsonaro atuou como um 'bobo da corte' em ST