Família espera 70 horas para sepultar ente querido no PajeúDo Blog Marcello Patriota

Depois de 4 dias de espera e angústia a família conseguiu sepultar o corpo de Osiel Siqueira da Graça, 32 anos. Ele estava desaparecido desde o último domingo (24) e o corpo foi encontrado dentro de um açude no Sítio Gavião, na zona rural de Itapetim, Sertão do Pajeú, na manhã da terça-feira(26).

Natural de Itapetim e residente em São Vicente, Osiel era dono de uma barbearia. Ele deixa companheira e uma filhinha de 3 anos. As circunstâncias exatas que levaram à morte do babeiro ainda estão sendo investigadas pelas autoridades competentes.

Veja também:   Com armas em punho e a luz do dia, bandidos roubam veículo de vereador serra-talhadense

Receba as manchetes do Farol em primeira mão pelo WhatsApp (clique aqui)

O Instituto Médico Legal (IML) passou exatos 70 horas para fazer a perícia e liberação do corpo, reclamações de familiares e indignação nas redes sociais.

Na terça(26) o corpo foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML) de Caruaru, no Agreste de Pernambuco, para a realização da necropsia, mas por uma melhor eficácia foi levado para o IML da Capital.