Família luta para encontrar bancário desaparecido

Publicado às 13h48 desta sexta (26)

Uma família serra-talhadense está angustiada à procura do bancário José Darionísio Pereira Cruz. Ele desapareceu nessa quinta-feira (25) no bairro Borborema em Serra Talhada. Segundo a irmã dele, Décima Margarete, 50 anos, em contato com o Farol, o seu irmão José Pereira é natural de Mirandiba, conhecido como Derol, 62 anos, está com depressão. Ele saiu de casa sem ninguém perceber e sumiu.

”Ele aproveitou que eu fui na cozinha e saiu sem nada, não levou carteira, nem celular, nada. Ele pegou um mototáxi e foi para o Posto Padre Cícero, na Borborema. Depois disso, não tivemos mais nenhuma notícias. Estava vestindo um short azul e uma camiseta cinza e tem uma tatuagem do sol no braço esquerdo”, disse Margarete.

Veja também:   Melania Trump frustrada com ação de apoiadores de seu marido

Derol é bancário lotado no Banco do Brasil em Brasília-DF onde tem residência fixa, contudo se afastou das suas atividades para vir fazer o tratamento contra a depressão em Serra Talhada e desde o mês de novembro de 2020 está morando no bairro Ipsep com a irmã Décima Margarete e a sobrinha Décima Poliana. Quem tiver alguma notícias do bancário pode entrar em contato com sua sobrinha pelo telefone (87) 9.9955-8084.