Estamos sozinhos no Universo? Eis a questão que intriga tantos terráqueos. Uma pesquisa do professor de física Stephen Kane, da Universidade de São Francisco (EUA), pode colocar ainda mais mistério em torno desta questão.

O cientista encontrou um sistema planetário a 14 anos-luz de distância da Terra que está em uma zona habitável. Isso quer dizer que o sistema fica em uma região onde a água poderia existir em estado líquido na superfície de exoplanetas –como são chamados planetas fora do nosso Sistema Solar. O estudo foi divulgado no jornal Astrophysival.

Para deixar a descoberta mais intrigante, Kane afirma que um dos três exoplanetas que existem no sistema Wolf 1061 está inteiramente dentro desta zona habitável, o que gera expectativas de ter água e vida por lá. Mas ainda são necessários estudos mais precisos para qualquer afirmação.

Kane está trabalhando com a ajuda de colaboradores da Universidade do Tennessee, nos EUA, e da Universidade de Genebra, na Suíça, para esclarecer mais detalhes sobre o exoplaneta Wolf 1061c e ver se ele tem características parecidas com as da Terra, que dão suporte à vida.

Do Portal Uol