ze  pereiraAdmitindo o atraso de algumas parcelas do Programa Garantia Safra, o secretário municipal de Agricultura, José Pereira, garantiu, em conversa com o FAROL na manhã desta quinta-feira (10), que o município vai pagar os meses em aberto até o dia 10 de outubro, mesmo com multa. “Zé” Pereira (foto) pediu paciência aos agricultores. “Temos até o dia 10 de outubro para quitar. O município vai cumprir com suas obrigações, vai pagar com multa, mas vai pagar. Quero deixar claro que nós estamos assegurando aos agricultores cadastrados no Seguro Safra que todos irão receber a partir do próximo mês”.

Veja também:   Moscou intensifica guerra diplomática com os Estados Unidos

Segundo levantamento do blog Nilljunior, o Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA) indicou que dos 17 municípios do Pajeú pagaram todas as seis parcelas Afogados da Ingazeira, Tabira, Tuparetama, Ingazeira, Quixaba, Iguaraci, Brejinho, Carnaíba, Flores, Itapetim, Santa Cruz da Baixa Verde, São José do Egito, e Triunfo.

Já quatro cidades ainda são devedoras: Serra Talhada (duas parcelas),  Santa Terezinha (deve três),  Solidão (cinco parcelas) e Calumbi, que não pagou nenhuma. O município deve as seis parcelas do Programa que atende famílias rurais que perderam suas plantações devido à seca.

Veja também:   Festa em Pesqueira termina com 4 mortos

A data de vencimento da ultima parcela foi encerrada em primeiro de setembro. Com multa, os municípios ainda podem saudar os seus débitos. O município que não pagar em 2015 não poderá aderir ao Garantia Safra de 2016.

FIQUE POR DENTRO

O programa Garantia Safra é um benefício que visa garantir condições mínimas de sobrevivência aos agricultores familiares de municípios sistematicamente sujeitos a perda de produção em razão de fenômenos naturais como a estiagem, o excesso ou irregularidade das chuvas. Mas para receber o benefício, a prefeitura deve estar em dia com o pagamento de sua taxa no valor de R$ 44,65, pago anualmente, por cada agricultor que adere ao programa.

Veja também:   Polícia registra furtos, roubos a residências, 6 acidentes e 4 ameaças de morte em ST