"Gato Café" oferece respiro aos habitantes de Gaza

Foto: Mohammed Abed/AFP

Por Folha de Pernambuco

Um café para gatos abriu esta semana em Gaza, com a ideia de oferecer uma trégua aos palestinos que residem neste território sob bloqueio israelense.

No Meow Cat Cafe, na cidade de Gaza, sua dona, Nehma Maabad, acaba de preparar comida para uma multidão de gatinhos.

“Os gatos, para mim, são um refúgio que me alivia do estresse psicológico. Por isso pensei em criar um projeto que misturasse café e algo que levante o ânimo”, explica essa mulher de 50 anos.

Veja também:   Protesto: Movimentos nacionais se organizam em ato contra governo federal, no Sertão

Uma parte do estabelecimento está equipada com plataformas de madeira decks com grama artificial para os gatos escalarem. Nas paredes, também há vários quadros com esses gatos.

O Meow Cat Cafe é um dos muitos cafés para gatos que abriram recentemente em todo o mundo, uma tendência que vem crescendo. Mas a situação em Gaza é bastante especial.

Na Faixa de Gaza, um pequeno território devastado pela pobreza e pelas guerras, vivem 2,3 milhões de pessoas. Israel impôs um bloqueio a este enclave palestino desde que o movimento islâmico Hamas chegou ao poder em 2007.

No Meow, os clientes pagam cerca de 10 shekels (US$ 2,65) por hora para brincar com os gatos, o que, segundo Maabad, cobre alimentação e cuidados veterinários.

Veja também:   Promotoria de Valência denuncia torcedores, e caso de racismo contra Vini Jr. chega à Justiça

Para Manar Abu Samra, uma cliente, os preços são razoáveis.

“Os gatos aqui são lindos e fofos, é uma ideia maravilhosa e ficaram felizes quando aprenderam isso”, conta ela.

Animais de prisão são muito raros em Gaza, embora os gatos estejam onipresentes nas ruas, especialmente no porto e perto de peixarias. Maabad explica que trouxe gatos de casa e os outros foram presentes de amigos.

“A ideia deste café é oferecer uma experiência agradável com uma xícara de café”, diz ela.

Veja também:   Luizinho, John Geração e muito mais

“Um gato com quem você brinca e faz você sorrir, faz você esquecer a pressão da vida”, acrescenta.