Da ISTOÉ

Foto: Reprodução

Um gerente de uma filial da rede de fast food Arby’s, localizada na cidade de Vancouver, em Washington (EUA), admitiu ter urinado em milkshakes servidos na lanchonete. Segundo as autoridades locais, o homem fazia isso para o seu próprio “prazer sexual”. As informações são do jornal Extra.

O homem, identificado como Stephen Sharp, era investigado por pornografia infantil. Ele relatou à polícia que se aliviava nos milkshakes durante o período noturno.

Stephen foi preso na semana passada e também confessou que baixava e distribuía pornografia infantil. Ele afirmou que sentia interesse sexual em crianças.

Agora, os agentes policiais procuraram pelos clientes que teriam comprado e consumido os milkshakes. As autoridades pediram que qualquer pessoa que tenha adquirido o produto entre os dias 30 e 31 de outubro de 2021 se apresente.

Os policiais acreditam que nenhum funcionário da Arby’s tinha conhecimento do que Stephen fazia.

Veja também:   Músico Randy Bachman recupera no Japão guitarra roubada há 46 anos no Canadá