Gilmar Júnior destaca a luta suprapartidária pela saúde

Da Assessoria

Nesta segunda-feira (4), a pauta da saúde esteve em discussão no estado. O Ministério Público de Pernambuco convocou uma audiência para tratar sobre os problemas dos hospitais públicos do estado.

O deputado estadual Gilmar Júnior (PV), que é enfermeiro, participou da audiência. Mais cedo, durante a manhã, o parlamentar já falava sobre o assunto em entrevista à rádio CBN Caruaru.

Gilmar Júnior afirmou que faz parte da bancada independente na Assembleia Legislativa do Estado de Pernambuco (Alepe), mas que, quando o assunto é o piso da enfermagem, faz oposição ferrenha ao governo do estado.

Veja também:   Santa Cruz tem tabu de dez anos sem vencer o CRB fora de casa

Receba as manchetes do Farol de Notícias em primeira mão pelo WhatsApp (clique aqui)

“Para vocês terem ideia, há cerca de R$ 4M presos aqui no estado. Dinheiro que foi enviado pelo governo federal para complementar o piso da enfermagem. Precisamos saber como esses cálculos estão sendo feitos. Por que esse dinheiro ainda não está nas mãos dos trabalhadores e quando estará!”, apontou o deputado.

Gilmar Júnior ainda falou sobre o ineditismo da Alepe ao aprovar, por unanimidade, e criar a Frente Parlamentar em Defesa dos Profissionais de Enfermagem.

Veja também:   FOTO NOTÍCIA: Estação do Forró foi palco da 'Festa da Vitória' de Leão e Sebastião

“Em 187 anos um enfermeiro passou a ocupar uma cadeira na Alepe. Percebo que a luta pela saúde e, especialmente, pelos profissionais de enfermagem tem se intensificado e fico muito feliz por perceber a atuação suprapartidária na Alepe. Nossa categoria tem buscado mais espaço de fala e poder em todo o Brasil, num movimento de politização da segunda maior força de trabalho do país”.