Do G1

O governo da Índia quer mudar a idade mínima para que mulheres possam se casar de 18 para 21 anos, de acordo com reportagens publicadas em jornais do país nesta quinta-feira (16).

As idades mínimas para casamento hoje são:

  • Para homens: 21 anos
  • Para mulheres: 18 anos

A decisão sobre a proposta de mudança foi tomada em um encontro da cúpula do governo na quarta-feira. Como a Índia é um país parlamentarista, as propostas do governo geralmente são aprovadas pelo Parlamento.

O primeiro-ministro Narendra Modi já disse que o governo se preocupa com a saúde das mulheres jovens. “Para salvar as nossas filhas de desnutrição é preciso que elas casem na idade certa”, afirmou ele em agosto de 2020, segundo a rede Al Jazeera.

O país tenta melhorar os índices de mortalidade materna, e a ideia de aumentar a idade mínima para o casamento é também aumentar a idade média das mães.

A Índia é o país com a proporção de gênero mais desigual do mundo, ao lado da China. Nasceram menos meninas do que meninos nos últimos anos porque as mães abortam fetos femininos. No entanto, o governo indiano anuncia que essa tendência melhorou nos últimos seis anos.

Veja também:   Dezenas de migrantes encontrados em pequena ilha sem nome

O governo tem feito campanhas de comunicação para mudar isso. Também foram estabelecidos controles mais rígidos nas clínicas que realizam ultrassonografia de gestantes, para que os médicos não revelem o gênero do feto às famílias.

Centenas de meninas do estado de Haryana, onde há uma das piores proporções de homens para mulheres, escreveram uma carta a Modi para que a idade mínima para casamento subisse de 18 para 21.