Da ISTOÉ

Foto: Reprodução

Uma mulher de 28 anos foi morta com um tiro na cabeça em Caarapó (MS), na última segunda-feira (23). De acordo com a Polícia Civil, ela foi assassinada pelo próprio irmão, desmentindo a versão inicial da família, de que tentou protegê-lo do disparo. As informações são do G1.

Angel Luama Pinto de Oliveira e o irmão estava em um estabelecimento ingerindo bebidas alcoólicas e, ao saírem, tiveram uma discussão. O rapaz sacou o revólver e disparou contra a cabeça da irmã, segundo a polícia, fugindo do local logo na sequência.

Depois, o irmão da vítima foi até a delegacia e afirmou que outra pessoa atirou em Angel, mas depois confessou que apontou a arma na direção da cabeça dela e apertou o gatilho, acreditando que estava sem munição. Ele foi preso nesta quinta-feira (25) e levado ao presídio da cidade.

De acordo com a família de Angel, ela estava grávida de seis meses e o bebê também morreu. “Tentaram salvar a criança, mas não teve jeito”, disse uma familiar da jovem.

Veja também:   Menino de 9 anos morre ao ser atropelado por carreta