Há 28 anos, serra-talhadense lançava o 'Menino Malino'Publicado às 05h52 desta segunda-feira (10)

Por Adelmo Santos, Poeta e escritor, ex-Presidente da Academia Serra-talhadense de Letras ASL)

Há 28 anos eu publicava em São Paulo o meu primeiro livro, “Menino Malino”. Este livro foi publicado na JOÃO SCORTECCI EDITORA, em março de 1995. Neste livro eu conto como foi a minha infância na década de 60 em Serra Talhada. Esse meu primeiro livro era um sonho que eu tinha quando cheguei em São Paulo, de um dia poder vê-lo publicado.

Veja também:   Movimento 'Acorda Serra' pode ressuscitar contra a 'Taxa do Lixo'

“Menino Malino” é um menino paulista que nasceu falando oxente, bem distante do sertão, muito longe da sua gente. Quando eu cheguei na editora e vi o meu livro pronto, eu senti muita emoção, foi como tivesse um filho que acabou sendo gerado na minha imaginação.

Hoje aos 28 anos ele é um grande rapaz, cada vez que eu leio, eu aprendo muito mais. Menino Malino foi lançado na sede do União Esportiva Vila Albertina, Zona Norte de São Paulo, me botando na história como o primeiro escritor do bairro. Em Serra Talhada o livro “Menino Malino” é considerado como o melhor livro de memórias, publicado por um escritor da cidade. Com este livro eu participei das 1ª e 2*ªbienais da cidade de São Paulo, dividindo espaço com escritores consagrados, entre os quais: Paulo Coelho e Jorge Amado. “Menino Malino” já está na 2ª Edição.

Veja também:   Furtos na praça Manoel Pereira Lins e em bairros

Foi escrito no peito e na raça, quando eu publiquei em São Paulo, ninguém sabia que eu era um escritor dentro de Serra Talhada. Foi minha grande obra prima, alavancou minha vida quando eu dei uma entrevista na Rádio Atual, no C.T.N. “Centro de Tradições Nordestina”.