Idoso sofre infarto em ST e é salvo por telefonePublicado às 18h06 deste domingo (1)

Imagem ilustrativa

O Corpo de Bombeiros registrou um caso inusitado de socorro por telefone em Serra Talhada. Nesse sábado (31), um idoso de 79 anos sofreu um infarto no bairro AABB, por volta das 09h15, e os minutos de orientações, por telefone, até a chegada da equipe no local, foram fundamentais para o paciente. De um lado, a neta do idoso, que ligou desesperada, e do outro, o Sargento Plácido, que é aluno do curso de medicina na capital do xaxado.

Veja também:   Serra-talhadense vai representar PE em debate sobre a pandemia

“Diante as informações, o sargento solicitou a neta que checasse os sinais vitais do paciente, também pediu que levantasse a camisa dele para verificar se havia movimentos respiratórios. Ela respondeu que não, e que o avô também estava sem pulso. De imediato, o sargento instruiu que fizesse a reanimação cardiopulmonar (massagens), até que a guarnição chegasse no local”, explicou o Capitão Wamberg, acrescentando:

“Em seguida, a neta informou que os batimentos cardíacos teriam retornado, após a massagem”. Os bombeiros chegaram a tempo e o idoso foi conduzido, com vida, para um hospital particular de Serra Talhada.

Veja também:   Amigas de sertaneja com doença rara fazem campanha por peruca

AÇÃO DA NETA

Mas a ação da neta, Amanda Carla, estudante de Fisioterapia da Faculdade de Integração do Sertão (FIS) também foi fundamental. “Paguei a cadeira de primeiros socorros com o professor Leonardo Monteiro, o qual agradeço todos os ensinamentos, e se não fosse isso, juntamente com o auxilio dos bombeiros, não teria conseguido salvar o meu avô”, disse Amanda.