Do G1 PE

Um idoso de 61 anos foi assassinado e teve o corpo enterrado no quintal da casa onde morava, no município do Cabo de Santo Agostinho, na Região Metropolitana do Recife. Segundo a Polícia Civil, um adolescente de 16 anos foi apreendido como suspeito de latrocínio, que é o roubo seguido de morte.

O corpo da vítima foi encontrado na noite do domingo (18), após ter sido enterrado com parte do couro cabeludo aparecendo. Depois que policiais da Força-Tarefa de Homicídios da Região Metropolitana Norte encontraram o corpo do idoso, o caso foi registrado nesta segunda-feira (19) para ser investigado.

Ao ser encontrado em um carro “em atitude suspeita”, o adolescente suspeito do crime foi abordado por uma equipe de policiais militares, informou a Polícia Civil, em nota.

Também por meio de nota, a Polícia Militar (PM) afirmou que o adolescente foi abordado por policiais militares do batalhão de Radiopatrulha que realizavam o patrulhamento no bairro de Gaibu e que ele “tentou ludibriar o policiamento, insistindo que era sobrinho de um suposto PM”.

Ainda no texto, a PM disse que a equipe policial tentou ligar para o proprietário do veículo, mas não conseguiu contato com ele porque o adolescente estava com o celular da vítima.

Questionado sobre a quem pertencia o automóvel, o adolescente disse aos policiais que era do pai dele, que estaria dormindo em casa, e deu o endereço do idoso, de acordo com a Polícia Civil.

Quando a PM chegou ao endereço informado pelo adolescente, a casa situada no bairro de Enseada dos Corais foi encontrada bagunçada e o corpo da vítima foi achado enterrado.