Incêndio em cinema: forro caiu sobre espectadores; 2 morreram

Teto do Shopping Rio Anil com fumaça após incêndio em salas do Cinesystem — Foto: Valdenor Pereira

Por G1

 

O Corpo de Bombeiros confirmou ao g1 Maranhão que estava ocorrendo uma atividade de manutenção no teto do Rio Anil Shopping durante a exibição de filmes no Cinesystem. Essa é agora a principal linha de investigação que apura as causas para o incêndio que causou duas mortes e deixou ao menos 13 pessoas feridas, na tarde desta terça-feira (7).

Ao g1 Maranhão, o comandante-geral do Corpo de Bombeiros, coronel Célio Roberto, disse ainda que fazer manutenção em horário em que pessoas estão consumindo no shopping é um ato irregular, e que o shopping deverá responder por isso.

“A informação é segura e vamos trabalhar em cima disso. Houve uma falha na prevenção porque eles estavam fazendo manutenção na estrutura da cobertura. Precisamos saber que intervenção era essa pra termos muita resposta para a causa [do incêndio]. Vai ser aberto o inquérito”, afirmou.

O g1 Maranhão entrou em contato com o Shopping Rio Anil e aguarda retorno sobre as afirmações dos bombeiros em relação à manutenção no horário de exibição de filmes.

Veja também:   Sem teto morre baleado durante ação policial na Cracolândia

Ainda em relação ao que causou o incêndio no cinema, várias hipóteses são levantadas, como curto circuito. No entanto, Célio Roberto afirma que a principal suspeita no momento é de que a causa foi provocada pelas atividades de manutenção no teto.

“Pra sabermos o que houve, depende do que iniciou o incêndio. Pode ser um curto circuito durante a manutenção, assim como uma fonte externa de calor. Agora uma indagação nossa é como o incêndio eclodiu de forma tão instantânea, da forma como foi”.

Por outro lado, o Corpo de Bombeiros informou também que as ações de combate a incêndio, por parte do shopping, foram feitas de forma adequada.

“Combatemos o incêndio com 100% de água do shopping, usamos pressão ideal. Água não faltou. A primeira equipe que foi acionada teve um tempo de resposta de 4 minutos e já encontraram uma equipe de brigadistas do shopping atuando. Mas, mesmo que se faça o trabalho e exija que tudo funcione adequadamente, se tiver um agente externo, pode acontecer o sinistro. Normalmente uma falha acontece onde falha a prevenção”, confirmou o coronel.

Veja também:   Náutico x Salgueiro: veja escalações e onde assistir ao jogo

Na madrugada desta quarta (8), foram confirmados pelos bombeiros os nomes das duas vítimas do incêndio no cinema. Se tratam de Evellyn Gusmão Gomes Silva, de 16 anos, que foi encontrada por volta das 22h30 entre os escombros de uma das salas de um dos cinemas do shopping.

Além de Evellyn, foi encontrado o corpo de Yasmin Gomes Campos, de 21 anos. O corpo de Yasmin Gomes foi achado pelas equipes de salvamento, por volta das 1h30, segundo o Corpo de Bombeiros. No entanto, familiares de Yasmin ainda aguardam o resultado do laudo cadavérico para confirmam a identificação dela.

Incêndio em cinema: forro caiu sobre espectadores; 2 morreram

Evellyn Gusmão Gomes Silva e Yasmin Gomes Campos foram vítimas do incêndio em shopping de São Luís — Foto: Arquivo pessoal.

Pelo menos 13 pessoas deram entrada em hospitais da capital maranhense. Do total de feridos, nove foram encaminhados para hospitais da rede pública e quatro para um hospital da rede particular de São Luís.

Veja também:   Família se queima ao usar álcool para cozinhar por falta de gás

Vítimas

Um relatório com o número de vítimas foi divulgado pela Secretaria Municipal de Saúde (Semus) de São Luís. São eles:

  • Quatro pessoas deram entrada no Hospital Municipal Dr. Clementino Moura (Socorrão II), vítimas do acidente no Rio Anil Shopping, todas as elas passam por procedimentos específicos para cada caso.
  • Uma outra vítima foi encaminhada para o Hospital Municipal Djalma Marques (Socorrão I) onde recebeu os primeiros atendimentos médicos e em seguida foi levada para um hospital particular.

 

Já segundo a Secretaria de Estado da Saúde (SES), outras três pessoas deram entrada na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do Parque Vitória e uma na UPA do Araçagi, com queimaduras de 2º e 3º grau.

Em nota, o Hospital São Domingos, da rede particular, informou que quatro pessoas deram entrada na emergência do hospital por conta do incêndio no Rio Anil Shopping.