Inscritos no Concurso Unificado devem ficar atentos ao novo calendário dos exames
Inscritos no Concurso Unificado devem ficar atentos ao novo calendário dos exames
Imagem: FDR

Por FDR Notícias

Aguardado por milhares de brasileiros, o Concurso Nacional Unificado (CNU) foi adiado na última sexta-feira (3). As provas seriam realizadas no domingo (5), mas por causa das enchentes no Rio Grande do Sul, precisou ser adiado. A nova data para aplicação do exame ainda não foi anunciada. Saiba mais.

Receba as manchetes do Farol de Notícias em primeira mão pelo WhatsApp (clique aqui)

concurso unificado deve ter a nova data de aplicação revelada em duas semanas, segundo a ministra de Gestão e Inovação, Esther Dweck. Porém, é preciso garantir que o Rio Grande do Sul esteja em boas condições para a realização do exame, assim como os outros estados do país.

Veja também:   PROTESTOS 2: Presidente Dilma diz que Brasil não se abala com escândalos

Apelidado de “Enem dos Concursos“, o Unificado tem, ao todo, 2,14 milhões de brasileiros inscritos.

Nova data do Unificado

  • As provas do Enem dos Concursos foram adiadas durante coletiva de imprensa no Planalto na última sexta-feira (3);

  • O cancelamento do exame deste domingo (5) foi causado pelas enchentes no Rio Grande do Sul;

Os principais fatos de Serra Talhada e região no Farol de Notícias pelo Instagram (clique aqui)

  • A possibilidade já tinha sido sugerida pelo governador do RS, Eduardo Leite, na quarta-feira (1), já que o estado já estava sofrendo com chuva forte;

  • Segundo a ministra de Gestão e Inovação, ainda não existe uma data confirmada, mas o anúncio deve ser feito após garantir que o Rio Grande do Sul esteja em boas condições para realizar a prova;

  • A previsão é que o anúncio seja feito em duas semanas.

Veja também:   Cerca de R$ 9,2 bilhões de saque extraordinário voltarão ao FGTS

Atraso no calendário do Unificado

Com o adiamento das provas, o calendário do Concurso Unificado passará por modificações e sofrerá um atraso nos prazos já divulgados em editais pelo Governo Federal.

  • O cronograma previa 5 de agosto para o início da convocação dos aprovados para posse e cursos de formação;

  • Segundo Esther Dweck, os ministros dos órgãos que disponibilizaram vagas para o CNU já foram avisados sobre o atraso no ingresso dos novos servidores.

É importante lembrar que o edital prevê situações como as enchentes do Rio Grande do Sul e o candidato pode pedir reembolso da taxa de inscrição. A taxa pode ser solicitada na aba do Concurso Unificado no portal Gov.Br.

Veja também:   Menina de 5 anos é vítima de estupro no Sertão de PE