Irmãs acumuladoras são presas por maus-tratos a centenas de gatos
Polícia foi ao local após denúncia de frequentadores de uma escola que fica ao lado da casa (Foto: Divulgação/Polícia Civil)

Do Diario de PE

Duas irmãs acumuladoras, de 49 e 60 anos, foram presas em flagrante, nessa terça-feira (2/1), por maus-tratos contra animais após a Polícia Civil flagrar, na residência de ambas, em Cotia, na Grande São Paulo, centenas de gatos em meio à sujeira e a montanhas de resíduos.

A polícia foi ao local após denúncia de frequentadores de uma escola que fica ao lado da casa. Durante a diligência, foram encontrados centenas de gatos trancados dentro da casa. Alguns estavam em caixas de transporte de animais e outros soltos, perambulando entre objetos acumulados, sacos com fezes de felinos e até gatos mortos.

Veja também:   Jovem ingere veneno de rato em Serra Talhada

Além disso, havia comida, ração e embalagens de todo tipo espalhadas pelo chão. Um odor forte exalava da casa para os imóveis vizinhos. Segundo o delegado Cícero Simão Costa, da Delegacia de Cotia, a perícia e as autoridades sanitárias municipais foram acionadas.