Do Metrópoles

O jovem Loren Schauers, de 20 anos, é um milagre da medicina. Esmagado por uma empilhadeira durante serviço em uma ponte, o rapaz teve o tronco do corpo comprometido, em 2019. Na ocasião, a família de Schauers teve de escolher entre cortá-lo ao meio ou enterrá-lo.

De acordo com o jornal Daily Star, o jovem implorou aos médicos para que eles salvassem “ao menos a cabeça”. Assim, foi submetido a uma operação de risco em Montana, nos Estados Unidos, onde vive com a família.

No YouTube, Schauers costuma compartilhar momentos de sua vida ao lado da esposa, Sabia Reiche, de 23. Ao Daily Star, ele revelou detalhes da cirurgia que salvou sua vida.

Segundo o rapaz, a família dele tomou a decisão de amputá-lo do umbigo para baixo, em um procedimento conhecido como hemicorporectomia. Na época, Schauers tinha 18 anos.

Como o rapaz estava inconsciente, a família temeu que ele preferisse morrer em vez de viver cortado ao meio. Porém, assim que despertou, Schauers comoveu os médicos com a súplica pela vida. Agora, além da ausência das pernas, o jovem só possui o braço esquerdo. Mesmo assim, é grato pelo milagre de poder respirar.

Veja também:   Justiça nega pedido da defesa e Ribeiro será transferido