Jovens trans tiram título com o nome socialDo G1

João Kevin dos Santos e Kalel Nunes de Moraes têm 21 anos e ambos são homens transgêneros. Os jovens de Caruaru, no Agreste de Pernambuco, conseguiram tirar o título de eleitor com o nome social neste mês. “Quando chegamos lá [no Tribunal Regional Eleitoral], eles informaram que ninguém tinha ido ainda, que éramos os primeiros [do município]”, disse Kalel ao G1.

João Kevin contou que não estava sabendo que Caruaru teria a opção para mudar o nome no documento, mas, assim que foi divulgado, se programou para tirar no primeiro dia junto com o amigo, Kalel Nunes.

De acordo com os dois, o processo foi bastante rápido. Em cerca de 10 minutos eles estavam com o documento em mãos. João e Kalel também já haviam colocado o nome social no CPF.

Veja também:   Eletricista morre ao cair de motocicleta na PE-630 no Sertão de PE

“[Ter o nome social no título de eleitor] foi e tem sido muito gratificante”, Kalel Nunes.
João está há quase três anos fazendo a transição de gênero e já sofreu preconceito em alguns lugares. “Minha família me respeita, mas não me apoia. Já sofri bastante preconceito sim, em diversos ambientes. Mas hoje em dia, sinto que é bem menos”, afirmou o jovem.

Kalel falou que “sempre sofre preconceito de alguma forma”. Mas, no caso dele, não é muito. “Eu tenho o apoio e o respeito da minha família, e isso me ajuda muito”, destacou. Ele ainda revelou ao G1 que está há sete meses fazendo a transição de gênero.

Veja também:   Nesta 6ª mais um aliado de Márcia vai migrar para Duque

O que é ser transgênero?
O termo “transgênero” ou “trans” se refere a uma pessoa cuja identidade de gênero – o sentimento psicologicamente arraigado de ser um homem, uma mulher, ou nenhuma das duas categorias – não corresponde à de seu sexo de nascimento.

João e Kalel, por exemplo, nasceram com o sexo feminino, mas se identificam como homens. Os dois não querem fazer a cirurgia para mudança de sexo.

“Eu fiquei muito feliz por mais essa conquista, poder ser respeitado com meu devido nome”, João Kevin.
A identidade de gênero não deve ser confundida com a orientação sexual. Uma mulher ou homem transgênero pode ter qualquer orientação sexual: homossexual, heterossexual ou bissexual.

Veja também:   Feriadão de aniversário já começou nos bares de ST

Sobre o nome social
O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) informou no dia 2 de abril que o título eleitoral de uma pessoa transgênero trará apenas o nome social com o qual se identifica, e não terá o nome original que consta em seu registro civil.

Inicialmente, a resolução da Corte que permitiu a participação de pessoas trans nas cotas de gênero nas candidaturas dizia que o título eleitoral também informaria o nome original. Porém, o presidente do TSE, Luiz Fux, anunciou que isso não vai acontecer.