Youtubers fantasiados são detidos no CotelDo G1

Três homens e um adolescente foram detidos nesta terça-feira (17) após invadirem e causarem tumulto no estacionamento do Centro de Observação e Triagem Professor Everardo Luna (Cotel), em Abreu e Lima, no Grande Recife, utilizando fantasias da série ‘La Casa de Papel’.

Com macacões vermelhos e máscaras do pintor espanhol Salvador Dalí, o grupo foi encaminhado à Delegacia de Paulista, também no Grande Recife.

Segundo a Secretaria Executiva de Ressocialização, a abordagem do grupo foi feita por agentes penitenciários, que encaminharam as quatro pessoas à Polícia Civil. A escolta do grupo até a unidade foi feita pela Polícia Militar.

Veja também:   Marina Silva tentará trazer proposta de antecipação das eleições de 2018

Ao WhatsApp da TV Globo, foram enviadas mensagens informando que o grupo era composto por YouTubers pernambucanos que tentavam gravar uma pegadinha.

Nas redes sociais, um dos integrantes do grupo postou vídeos no início da noite da segunda (16) usando um macacão vermelho e máscaras de Dalí. Em seguida, foram gravadas imagens em frente a uma agência bancária que, segundo ele, fica em Igarassu, na Região Metropolitana do Recife.

Em nota, a Polícia Civil explicou que o grupo entrou portando celular e causando tumulto no local. Três dos quatro suspeitos foram autuados em flagrante pelos crimes de violação de domicílio qualificada (por entrarem contra a vontade expressa em compartimento não aberto ao público), favorecimento real (por terem ingressado com celulares em estabelecimento prisional), falso alarme (por terem provocado tumulto no estabelecimento prisional) e corrupção de menores.

Veja também:   Programa que legaliza entrega de crianças para adoção será lançado

O adolescente, que estava junto ao grupo, responde a um Boletim de Ocorrência Circunstanciado (BOC) e foi liberado após procedimentos legais. O caso foi registrado pelo delegado Diego Pinheiro, titular da Delegacia de Paulista.

Em nota, o secretário de Justiça e Direitos Humanos de Pernambuco, Pedro Eurico, recriminou a tentativa de invasão.

“É de uma irresponsabilidade inimaginável. Foi uma ação arriscada e que só não teve um final trágico graças a experiência dos nossos agentes penitenciários. Recentemente 21 pessoas morreram numa tentativa de resgate no presídio do Pará. Na ação de hoje o grupo poderia facilmente ser confundido com estes mesmos criminosos”, apontou no texto.

Veja também:   Pedreiro de ST que sofreu em Brasília está de volta

Youtubers fantasiados são detidos no Cotel