Publicado às 05h52 desta quinta-feira (12)

Lixão na Quadra 12, no bairro Mutirão, em Serra Talhada, está causando transtornos sanitários para os moradores do bairro, ao ponto de pelo menos 4 pessoas estarem doentes, 3 com dengue e outra com suspeita. Diante do quadro, a dona de casa e manicure Maria Freire, 52 anos, em nome dos moradores que estão pedindo socorro, recorreu ao Farol na esperança que algo seja feito por eles.

”Aqui está difícil para nós, 3 pessoas com dengue, muita lixarada, nada de prefeitura nem de ninguém fazer alguma coisa. O mês passado mataram uma cobra bem grande aqui dentro de casa, 1,5m. A cobra passou pelo pé do meu filho e entrou em casa. É cobra, é rato, é barata e está aparecendo escorpiões dos amarelos, está cheio, estão subindo nas paredes. É muito, lixo, muita pedra, o pessoal colocando mais lixo. Tem a coleta 3 vezes por semana, então não custa colocar no dia da coleta. Não falo eu só em meu nome, falo por todos porque tem moradores adoecendo, eu estou aqui com febre também, não sei nem se não é dengue’, revelou Maria Freire, continuando:

”Esse Mutirão tem mais 33 anos e ninguém faz nada por ele. Nos terrenos baldios, quando você pega um picarete num instante aparece dono e, porque não cuidam? Por que a prefeitura não toma e dar a quem precisa e vai cuidar? Fizeram um lixão na minha rua para colocar reciclagem. Tem uma pessoa que mora próximo que está com dengue e Chicungunya, mas o que podemos fazer? Se mudar para outro canto não podemos porque não temos condições. O quem mais encontra é carroças de reciclagem a noite inteira, mas ninguém ver isso não, a Vigilância Sanitária deve tomar as providências porque está todo mundo adoecendo, a gente sofre.”

Veja também:   Distrito de Santa Rita realiza festa em ST

O OUTRO LADO

A reportagem do Farol entrou contato com a Vigilância Sanitária e foi informada que irão verificar e já solicitaram o apoio da Agencia Municipal de Meio Ambiente – AMMA para solucionarem o problema.