Lutando para garantir calendário nacional em 2024, Santa recebe Íbis

Torcida do Santa Cruz, no Arruda – Foto: Evelyn Victoria/Santa Cruz

Por Folha Pe

 

Um terço, 33,3% ou a primeira parte do trio. A vitória por 3×1 diante do Central, no Arruda, pelo Campeonato Pernambucano, representou tudo isso ao Santa Cruz rumo ao objetivo de garantir vaga na Série D do Campeonato Brasileiro de 2024 – caso não obtenha o acesso à C no final do ano. Eram três jogos até o encerramento da fase de pontos corridos. Agora, dois. O próximo é nesta terça (28), contra o Íbis, também em casa, em confronto atrasado pela nona rodada. O Tricolor precisa ganhar para, futuramente, pensar em outra tríade: assegurar calendário nacional, chegar ao mata-mata estadual e, como o técnico Felipe Conceição projetou, lutar pelo título.

Para conquistar lugar na Série D do Campeonato Brasileiro 2024, o Santa Cruz só pode ficar atrás na primeira fase de uma equipe que está em divisão igual ou inferior. Em quinto, com 15 pontos, o Tricolor está abaixo de duas: Retrô, em segundo, com 24, e Petrolina, quarto, com 19. Não há mais como ficar à frente da Fênix, então só resta secar a Fera Sertaneja.

Veja também:   Ex-presidente da Coreia do Sul é libertada após quase 5 anos de prisão

Para superar o Petrolina, o Santa precisa ganhar do Íbis e, na rodada final, vencer o Belo Jardim, no Sesc Mendonção. Depois, torcer para os sertanejos não vencerem o Náutico, nos Aflitos. Se ganhar uma e empatar outra, o Tricolor chegará aos mesmos 19 pontos do concorrente, mas ficará abaixo pelo critério de vitórias.

Apesar de derrotar, na última rodada, uma equipe melhor tecnicamente do que as duas que tem pela frente, o elenco coral não acredita em facilidade diante do Íbis, nesta terça. “Acho que todos os jogos são difíceis. A gente vai entrar em campo focado no que temos que fazer, assim como foi contra o Central. Não será um jogo fácil, temos algumas informações do time do Íbis. Vamos estudar bastante para fazer um grande jogo e conseguir os três pontos”, declarou Pipico.

Veja também:   Vereador denuncia desrespeito de empresários em ST

Atacante na mira

O Santa Cruz está no mercado em busca de um novo atacante para a sequência da temporada 2023. O nome do atacante Marcelo Toscano, de 37 anos, vem sendo analisado pela diretoria coral, que já iniciou conversas com o empresário do atleta. A informação foi confirmada à reportagem da Folha de Pernambuco pelo próprio jogador.

Marcelo Toscano tem passagens por clubes como Paulista, Paraná, Figueirense, Vila Nova, Cuiabá, Mirassol, América/MG, Paysandu e Oeste, sendo esta última a equipe em que disputou 17 jogos neste ano, com dois gols marcados.

Veja também:   POLÍTICA: Inocêncio diz que fez 'mil obras' em ST e que está à disposição de Duque

Fora do Brasil, Toscano jogou por Vitória de Guimarães/POR, além de passar pelo futebol asiático, vestindo as camisas de Jeju United, da Coreia do Sul, e Omiya Ardija, do Japão.

Ficha técnica

Santa Cruz
Michael; Jefferson Feijão, Alemão, Ítalo Melo e Marcus Vinicius ; Arthur, Anderson Paulista; Felipe Gedoz, Chiquinho, Lucas Silva e Pipico. Técnico: Felipe Conceição

Íbis
Lucas Peixe; Kelvin, Fabrício, Gabriel Santos e Celestino; Clebson, Jean Conca, Jailton e Wanderson; Índio e Thoni Brandão. Técnico: Rafael Santiago

Local: Arruda (Recife/PE)
Horário: 20h30
Árbitro: Hugo Soares Dias Figueiredo. Assistentes: Marcelino Castro de Nazare e Marcos Felipe Angelo da Silva
Transmissão: Nosso Futebol