Da ISTOÉ

Foto: Reprodução do Tik Tok

O trabalho de parto pode exigir muito das mães. Dores, horas em claro e a força para o bebê nascer. Contudo, Sharmin Brunnell, de 21 anos, experimentou uma dor ainda maior: quebrar o cóccix no processo. Ela contou um pouco da experiência em sua conta no Tik Tok e em uma entrevista para o jornal britânico The Sun.

A jovem revelou que Amaré, seu filho, tinha aproximadamente 55,8 centímetros quando nasceu, em Los Angeles. Isso foi motivo de orgulho e alegria para a família, mas deixou os médicos surpresos, pois são raros os bebês que nascem próximos desse tamanho.

“Eu, com o meu 1,54m, casei com um homem de 1,92m e achei no início da relação que essa grande diferença fosse apenas um pequeno detalhe engraçado”, brincou Sharmin em um vídeo.

Em um longo parto em que precisou fazer bastante força, a jovem mãe contou que experimentou a pior dor que já sentiu na vida. O cóccix dela foi fraturado. Dois anos depois, a mãe conta que ainda sente dor no local da lesão.

O cóccix é um grupamento de ossos que fica no final da coluna vertebral. O assoalho pélvico, conjunto de ossos, músculos, órgãos e ligamentos na região baixa do abdômen é muito exigido durante toda a gestação. O cóccix acaba sendo bastante pressionado, principalmente durante o trabalho de parto. Algumas mulheres sentem uma dor momentânea no local. Outras, sofrem com deslocamento desse pequeno osso. Uma fratura dessa forma é rara.

No Tik Tok, a mãe gosta de revelar detalhes inusitados dessa família, como o bebê ter nascido com quase metade do tamanho dela e, atualmente, usar roupas para crianças de 5 anos, quando ele tem somente 2. Além disso, ela e o marido brincam bastante sobre a diferença de altura entre os dois.

Veja também:   Confira a previsão para todos os signos hoje (18/05)

Apesar do perrengue, Sharmin Brunnell afirma que passaria por isso novamente para ter um bebê. Inclusive, ela e o marido planejam ter mais três ou cinco crianças antes dos 30 anos.