Márcio OliveiraO novo secretário de Serviços Públicos, Márcio Oliveira (PTN), garantiu que ficará ao lado do prefeito Luciano Duque (PT) mesmo se o gestor não lhe convidar para disputar o cargo de vice-prefeito na campanha municipal de 2016.

Em entrevista à rádio Vila Bela FM, na manhã desta segunda-feira (20), Márcio, que é primo de Sebastião Oliveira e, por dois anos, defendeu a trincheira da oposição como vereador, negou que exista acordo pré-definido que o levou a deixar o antigo bloco em troca de cargos e da vaga numa majoritária no próximo ano.

“Não foi negociado vice, de forma alguma. E eu não vou romper com Luciano Duque pelo fato dele não me convidar (pra disputar o cargo em 2016). Eu sou uma pessoa de grupo e se houver uma pessoa que agregue mais, não tem problema nenhum”, disse Márcio. O vereador licenciado garantiu também que não existe clima de animosidade na família Oliveira por conta da sua adesão ao governo do PT.

“Não tem racha familiar. Meu primo Jaime já está com o governo, outro primo, Dedinha também, meu tio Rafael também… Então não acredito que exista esse clima, não”.

Veja também:   Jovem é morto por 'bala perdida' no Pajeú