Do Diario de Pernambuco

(FILES) In this file photo taken on May 19, 2011 Prince Philip, the Duke of Edinburgh is pictured during a tour of the Irish National Stud in Kildare, on the third day of the Queen’s four-day visit to Ireland. – Prince Philip, the 98-year-old husband of Queen Elizabeth II, went into hospital on Friday, December 20, 2019 for precautionary treatment on a pre-existing condition, Buckingham Palace said. (Photo by Paul ELLIS / AFP)

O duque de Edimburgo, marido da rainha Elizabeth II, saiu nesta terça-feira (16) do hospital depois de permanecer um mês internado, a princípio por uma infecção e depois por uma cirurgia cardíaca.

O príncipe Philip, de 99 anos e que desde 2017 está aposentado da vida pública, deixou o hospital King Edward VII de Londres durante a manhã.

O príncipe consorte, que deve completar 100 anos em junho, foi internado no centro médico em 16 de fevereiro como “medida de precaução” depois de passar mal.

Diante das especulações e preocupação com sua idade avançada, a Casa Real informou alguns dias depois que a hospitalização não estava relacionada com a covid-19, e sim por uma infecção.

Sob forte expectativa da imprensa, no iníciode março Philip foi transferido do pequeno e elegante King Edward VII, no bairro londrino de Marylebone, para o grande hospital público St Bartholomew que, segundo o site oficial, possui o maior departamento especializado em doenças cardiovasculares da Europa.

Neste hospital ele foi submetido “com sucesso” a uma cirurgia para “tratar uma enfermidade cardíaca preexistente”, antes de retornar de ambulância poucos dias depois ao hospital do qual recebeu alta nesta terça-feira.