Da Folha de PE

Mel Gibson encerrou desajeitadamente uma entrevista ao vivo para a emissora americana Fox News depois que lhe fizeram uma pergunta sobre o tapa de Will Smith no Oscar.

O ator e diretor falava sobre seu novo filme, “Father Stu” (com previsão de estreia para este mês), quando a conversa levou ao incidente que fez Smith dar um tabefe em Chris Rock durante a cerimônia do Oscar 2022.

O âncora da Fox News, Jesse Watters, disse: “Você provavelmente entende isso melhor do que muitas pessoas. Eu estava me perguntando se fosse você quem tivesse pulado da cadeira e dado um tapa em Chris Rock, você teria sido tratado da mesma maneira, Mel?”

Nesse momento, Gibson, que já foi investigado por agredir uma fotógrafa – e que foi acusado por cometer violência contra a ex-mulher – sorri e aponta para a câmera. Claramente desejando evitar uma polêmica, a voz de seu publicitário pode ser ouvida dizendo: “Olá, Jesse, obrigado – essa é a nossa hora”.

Watters dá mais uma chance, questionando o ator: “Você já pensou nisso?” No entanto, o publicitário de Gibson repete: “Obrigado, Jesse. Essa é a nossa hora”.

Veja o vídeo:

Will Smith, que enfrentava uma possível expulsão ou suspensão depois de agredir Chris Rock durante a transmissão do Oscar 2022, renunciou à Academia de Artes e Ciências Cinematográficas. A decisão ocorre no momento em que o ator está envolvido na crise mais grave de sua carreira e enquanto a organização por trás do Oscar tem buscado maneiras de contornar a repercussão.

A saída de Smith da Academia quer dizer que ele não pode mais votar nas produções inscritas ao prêmio, além de não poder participar de eventos exclusivos, por exemplo. Porém, a saída do ator não significa que ele não possa mais concorrer ao Oscar.

Veja também:   Irmãs gêmeas dão à luz dois bebês com o mesmo peso no mesmo dia