Morador se revolta contra Abatedouro de Serra Talhada

Imagem cedida ao Farol

Em dezembro do ano passado o agricultor Luis Pedro Sobrinho, 69 anos, que reside na comunidade do Saco da Roça, em Serra Talhada, bem próximo ao abatedouro, procurou a redação do Farol para denunciar um drama. Uma barragem de contenção do abatedouro transbordou e os rejeitos, inclusive com restos de sangue, caíram em sua propriedade. Na época, o proprietário do empreendimento conversou com o agricultor, e o problema foi resolvido.

Mas ontem (terça-feira), ‘Luisinho’, como é mais conhecido, procurou a nossa reportagem assegurando o descaso da gestão do abatedouro, dizendo que o problema continua, e ameaçando destruir a contenção, que pode esbarrar e contaminar a Barragem do Jazigo.

Veja também:   1º Batom Off Road vai acontecer em Serra Talhada com muita aventura

Receba as manchetes do Farol de Notícias em primeira mão pelo WhatsApp (clique aqui)

“Venho pela segunda vez denunciar o descaso da administração do abatedouro do Saco da Roça. Novamente está entrando água suja na barragem de minha propriedade. Não adianta mais reclamar. Toda vez há uma desculpa, mas o problema não é solucionado”, disse Luis Pedro, fazendo uma cobrança ao governo municipal.

“Eu gostaria de saber se a prefeitura de Serra Talhada tem secretaria de Meio Ambiente e em caso positivo, apelo para que seja feita uma fiscalização pois, se eu ver que não tem solução, eu vou desmanchar a barragem e toda sujeira vai descer direto para o jazigo”, alertou.

Veja também:   Governo prorroga prazo para aplicação do novo RG

Leia também:

Barragem de contenção do Abatedouro de ST transborda