Do Diario de PE

O juiz Sérgio Moro determinou nesta sexta-feira o prazo de 48 horas para a defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva entregar os recibos originais de pagamentos de aluguéis do apartamento vizinho ao de Lula em São Bernardo do Campo, São Paulo.

A propriedade do apartamento também faz parte da denúncia do Ministério Público Federal, no qual o político foi acusado de receber como propina da Odebrechet. Com base na denúncia, o imóvel foi comprado por Glaucos da Costamarques, a pedido do pecuarista José Carlos Bumlai. Ambos também são investigados na Operação Lava Jato.

O ex-presidente nega a acusação do MPF.

Compartilhe isto: