Mulher volta a vida, depois de óbito em PE

Do Mais Pajeú

A egipciense Maria Lucicleide Taveira dos Santos, de apenas 39 anos, foi dada como morta, pelos médicos do Hospital da Restauração, no Recife, na manhã dessa segunda-feira (18).

No entanto, mesmo com os aparelhos desligados a mulher voltou a ter pulsação, imediatamente todo o aparato que a mantinha viva foi religado e Lucicleide segue com vida. Em estado grave, internada num leito de UTI do mesmo hospital.

O marido dela, o suplente de vereador Damião Pé no Freio, foi comunicado da “morte” da esposa, e ao chegar no hospital para reconhecer e retirar o corpo dela, já no fim da tarde da segunda, foi avisado do que havia acontecido, e de que Maria Lucicleide estava viva.

Veja também:   Herdeiro da Hermés quer adotar jardineiro e deixar R$ 55 bi para ele

Damião que é evangélico, agradeceu a Deus de joelhos no meio da rua, segundo informação repassada pelo funcionário da funerária que o acompanhava.

Novas avaliações médicas estão sendo feita para saber qual a real situação da mulher, que sofreu um AVC no fim de semana, e foi transferida para o Recife.