Do Uol

Cacá Werneck, namorada de Monique Evans, viveu maus bocados no último fim de semana. A DJ foi acusada de furtar perfumes em uma loja do aeroporto de Belo Horizonte e chegou a ser detida, mas foi liberada após o pagamento de uma fiança de R$ 3 mil.

Em seu perfil no Instagram, a loira se posicionou e se mostrou bem chateada com o ocorrido. “Graças a Deus, tenho os meus valores intactos, uma família maravilhosa e um advogado maravilhoso, que agora vai falar por mim. E eu vou provar a minha inocência custe o que custar… Vivendo um momento muito constrangedor, em que a gente se sente impotente. Mas ao mesmo tempo, eu sempre consegui transformar dor em força”, iniciou ela, nos Stories.

“E, mais uma vez, com o meu advogado e com todas as provas que eu tenho, não tenho o que temer e, sim, agradecer a Deus por ser quem eu sou”, continuou ela, antes de falar sobre os produtos que comprou.

“Os perfumes lindos e incríveis que eu comprei, que inclusive são perfumes masculinos porque a minha mãe e a minha mulher passam muito mal com perfumes doces, então, por mais que eu ame perfume de rosas, eu só posso usar perfume masculino, por causa delas”, detalhou.

Cacá pediu que os seguidores aguardem as cenas dos próximos capítulos e agradeceu as mensagens de apoio que vem recebendo. “Quem conhece a minha índole, quem conhece meu caráter sabe que isso é tudo um blefe”, pontuou.

Veja também:   Próximos passos de Rodrigo Caio no Flamengo após volta animadora