Não vejo a hora de um prefeito se eleger sem as aves de rapina em ST

Publicado às 05h57 deste domingo (30)

Por Sérgio Araújo, cidadão e empresário serra-talhadense

A questão política e administrativa de Serra Talhada é muito complexa. Vou me reportar de quarenta e cinco anos até hoje, porque foi o período que acompanhei a política e as administrações públicas de nossa cidade. Acredito e tenho certeza que a saga do que vou narrar, já vem assim desde a sua emancipação. Pois bem, o conjunto dos vereadores e algumas famílias tradicionais na política de Serra Talhada, são quem de fato tem o poder de manipulação do orçamento municipal.

Nunca esqueço na campanha para prefeito no ano de 1988, Dr. Francisco Anselmo Magalhães, o popular Dr Nena, já dizia nos palanques, se eu for eleito, o orçamento da prefeitura de Serra Talhada vai deixar de servir as famílias A B e C de Serra Talhada. O orçamento vai servir ao povo da nossa cidade. Perdeu a eleição e esse na minha opinião foi o motivo das elites políticas da cidade sempre ter se empenhado em derrotar Dr. Nena.

Veja também:   Santa Cruz do Capibaribe abre concurso público

Ele com esse discurso contrariou um mecanismo perverso. Nesse período que acompanho a política local, o único prefeito que teve coragem de fazer diferente e colocar o orçamento a serviço do povo, foi Hildo Pereira de Menezes. Por esse motivo fez uma gestão espetacular. A melhor na minha opinião em todo esse tempo. O resultado político disso, foi essas elites se juntarem e derrotarem o candidato que ele apoiou na época, Luiz Lorena.

O eleito na época foi o saudoso Tião Oliveira. Tiraram do poder um grupo que há trinta anos detinha o poder local. Ninguém consegue se eleger sem o apoio dessas forças que estão unidas para manipular e praticar traquinagens com o orçamento público. Todo prefeito que se elege fica em um dilema, ou trai essa elite política ou trai o povo. Todos os gestores com exceção do que citei anteriormente, decidiram trair o povo, com medo de perder o mandato e consequentemente o poder.

Veja também:   Mulheres em pânico e cresce o consumo de sprays de pimenta em Recife

Esse é o motivo de Serra Talhada passar ao longo desse período por gestões desastrosas. Aqui o orçamento está para servir as elites políticas e familiares. Não vejo a hora de um prefeito se eleger mesmo, com o apoio dessas aves de rapina, e depois de eleito, traí-los, e botar a máquina pública para moer em favor da cidade e dos que mais precisam do poder público.