Náutico terá maratona de jogos em três torneios diferentes

Timbu não vem conseguindo ter uma boa sequência de treinos (Foto: Tiago Caldas/CNC)

Por Diário de Pernambuco

 

Após vencer o Fluminense-PI na última quarta-feira (15) por 2 a 0 nos Aflitos, o Náutico terá uma dura e importante sequência de quatro jogos em menos de duas semanas, seguindo o apertado calendário do time em 2023. Já neste sábado (18), às 19h45, o Timbu irá até São Luiz, no Maranhão, encarar o Sampaio Corrêa pela Copa do Nordeste. Ainda na competição regional, o time segue fora de casa, quando terá pela frente o Vitória, na próxima quinta-feira (23), às 19h, no Barradão.

Veja também:   TSE rejeita ação que pedia a cassação da chapa Bolsonaro-Mourão

Líder do Grupo B do Nordestão, o Náutico segue invicto com duas vitórias, contra Atlético-BA e Fluminense-PI, e um empate diante do CRB. Agora, o Timbu terá pela frente dois adversários que vão disputar a Série B do Campeonato Brasileiro, podendo conquistar bons resultados fora dos Aflitos e encaminhar ainda mais sua vaga no G4 de sua chave, garantindo vaga na próxima fase da competição.

De volta a Pernambuco, o Náutico medirá forças com o Íbis, em partida válida pela décima rodada do Campeonato Pernambucano. Atualmente na terceira colocação, o Timbu precisa da vitória para seguir próximo do grupo dos dois primeiros colocados e garantir vaga direta na semifinal. Atualmente, o Retrô, que ocupa a segunda posição, tem três pontos de vantagem sobre os alvirrubros.

Veja também:   Top model de ST conquista títulos na Bélgica

Porém, o duelo mais importante acontecerá no primeiro dia de março, quando o Náutico precisará fazer mais uma viagem, dessa vez para o ABC Paulista, onde enfrentará o São Bernardo, às 20h, pela primeira fase da Copa do Brasil. Podendo até empatar, o Timbu busca a classificação para receber R$ 900 mil de premiação. Porém, o adversário vive grande fase no Campeonato Paulista, ocupando a segunda posição geral, atrás apenas do Palmeiras.

Dado Cavalcanti abordou o assunto da maratona após a partida contra o Fluminense-PI. “A rotina de jogos é muito difícil pelo fato de você não ter o período adequado de recuperação, ajuste e treinamento. Não só a gente, mas todos os outros que vivem essa rotina, é um time que acaba treinando pouco. Minha forma de comandar e trabalhar é pensar sempre no próximo jogo. Não coloco os quatro jogos no pacote, estou pensando no jogo do Sampaio,” afirmou.

Veja também:   Confira a previsão de hoje (18/05) para seu signo