Nova seleção: Clima de tensão toma conta de profissionais da rede de atenção básica em STUm forte clima de apreensão vem tomando conta de profissionais da Secretaria de Saúde ligados à rede de atenção básica, principalmente, entre os contratados que atuam nas 18 Unidades Básicas de Saúde (UBS) de Serra Talhada.

Desde a semana passada, muitos telefonam para a redação do FAROL alertando sobre a possibilidade de abertura de uma nova seleção para substituição de profissionais já neste mês de dezembro.

“Todos pensavam que a renovação dos contratos seria só após o término deles, um ano após o seu início, que no caso, deveria ser em abril de 2014. Mas ficamos sabendo que, numa cláusula do contrato, o prefeito tem o direito de rescindir antes mesmo do prazo de 12 meses”, revelou um profissional de Saúde, que pediu para não ser identificado.

Veja também:   Vandinho diz que Bolsonaro é o melhor do Brasil

O receio dos contratados que estão na ativa neste momento é se o secretário de Saúde, Luiz Aureliano, irá substituir ou manter o mesmo quadro de médicos, enfermeiros, dentistas, técnicos em enfermagem e auxiliares de saúde bucal. Os profissionais entraram no serviço público municipal de saúde durante seleção realizada em abril deste ano, na gestão da então secretária Socorro Brito.

O OUTRO LADO


O FAROL conversou com o secretário de Saúde Luiz Aureliano, que confirmou a possibilidade de ser aberta uma nova seleção.

Veja também:   Estudantes da FIS levam ações de saúde gratuitamente à população no pátio da feira de ST

“Mas não está nada certo quanto à renovação ou não dos contratos. Terei uma reunião com o prefeito Luciano Duque nesta terça-feira (10) para decidirmos sobre isso. Mas eles (os contratos) vão até dezembro”, adiantou o secretário de Saúde.

Apesar da possibilidade de renovação nos quadros, Aureliano destacou a importância de manter a continuidade do trabalho na saúde com profissionais que já estão na ativa.