Recebemos na redação do FAROL o vereador Pinheiro de São Miguel, que é servidor público na Unidade Acadêmica de Serra Talhada (UFRPE/Uast), juntamente com professores e coordenadores de curso da Uast, para uma conversa descontraída sobre um projeto inovador de capacitação de gestores de cooperativas e associações do município.

A iniciativa vem sendo realizada em parceria com a Universidade Federal Rural de Pernambuco, Conselho Municipal de Desenvolvimento Rural e Urbano  Sustentável e Câmara Municipal de Vereadores. Vale a pena conferir.

ENTREVISTA: Projeto inovador capacita gestores de cooperativas em ST

FAROL – Qual foi o objetivo deste encontro promovido pela UAST?

Dr. Roberto Cássio (Vice-coordenador do curso de Administração da UAST) É um projeto de extensão da UAST, de capacitação de gestores de associações e cooperativas do município de Serra Talhada. Este projeto está dentro da perspectiva de que a universidade se firma em 3 eixos: ensino, pesquisa e extensão. Extensão é exatamente esta parte da universidade que busca essa integração com a comunidade; disseminando informações e contribuindo com a sociedade. O objetivo é capacitar os gestores de cooperativas e associações do município, disseminando conhecimento e assim contribuindo com o desenvolvimento da região. Esse projeto foi feito em parceria com a Universidade Federal Rural de Pernambuco – UFRPE/Unidade Acadêmica de Serra Talhada – UAST com Conselho Municipal de Desenvolvimento Rural, Urbano e Sustentável, a Câmara Municipal de Vereadores.

Veja também:   Advogado diz ter provas da inocência de serra-talhadense

FAROL – Qual é a avaliação que fazem após o encontro? Foi positivo?

Dr. Roberto Cássio – Pela parte da universidade, nós vimos uma reação positiva durante todo o procedimento do projeto até a avaliação final da ação. Já contamos com uma reação positiva, principalmente a partir dos depoimentos que foram dados pelos certificados. Não tem preço a gente ver as pessoas se emocionando por aquilo que essa ação proporcionou, melhorando sua vida, seu desenvolvimento, suas carreiras e também da comunidade como um todo. Nós realizamos uma avaliação bastante positiva e, em função disso, já estamos desenvolvendo um novo projeto, para ser iniciado no próximo mês de fevereiro.

FAROL – O que isso pode mudar no cotidiano das pessoas?

Dr. Roberto Cássio – No momento em que este curso foi iniciado com os presidentes e gestores de associações e cooperativas, durante todo o seu desenvolvimento, já mudou o cotidianos dessas pessoas. Tivemos mini cursos em várias áreas,  como gestão, contabilidade, qualidade de produção, sustentabilidade, etc., os vários temas que foram abordados, e esses temas com certeza fazem parte do cotidiano dessas pessoas. Eles se admiraram com esse trabalho, por viverem cada um desses temas na prática, e isso com certeza contribuirá não só para a vida dos coordenadores, mas também de toda comunidade que está inserida na associação. O curso começou em abril, foi um módulo inicial de dinâmica e de foco na cooperação em si, seguidos por 8 mini cursos, a cada mês um mini curso. Durou cerca de 8 meses. A ideia era fazer com 60 pessoas, em 3 turmas, mas no final, através da própria dificuldade de deslocamento e tudo para os participantes, estamos certificando 40 pessoas. Esse foi o andamento do curso. Quero agradecer a colaboração da Unidade Acadêmica de Serra Talhada na pessoa da diretora geral, Katya Sousa, aos professores e todos os alunos e técnicos que trabalharam no projeto.

Veja também:   Entrevista: Em visita ao FAROL, psicoterapeuta em ST fala sobre machismo e cura gay

Vereador Francisco Pinheiro – No meu ponto de vista, esse curso foi um grande avanço para os gestores de associações e cooperativas de Serra Talhada. É tanto que eles não foram até a universidade, a universidade que foi até eles. Quando o professor Roberto Cássio me procurou, que eu sou também servidor da universidade além de vereador, e nos procurou para fazermos essa parceria. Não pensei duas vezes, procurei o Conselho, que entrou em contato com as associações, Cícero estipulou comigo a questão dos participantes, e assim foi realizado. Foi um grande sucesso, a Câmara de Vereadores esteve ao lado, fazendo a sua parte, através de minha pessoa. Conseguimos nosso intuito: capacitar os gestores para a organização e administração de suas associações e cooperativas. Acho que os participantes irão guardar tudo o que aprenderam no curso e empreender os conhecimentos adquiridos em suas associações.

Veja também:   Professores e alunos lançam nota de repúdio em ST

Cícero  Silva (Presidente do Conselho Municipal Rural) – O Conselho Municipal de Desenvolvimento Rural e Urbano Sustentável só tem que agradecer à Universidade Federal Rural de Pernambuco – Unidade Acadêmica de Serra Talhada, através do curso de Administração e da pessoa do professor Dr. Roberto Cássio e ao vereador Francisco Pinheiro. O que Pinheiro falou é importantíssimo, a universidade veio até esses coordenadores de associações, isso faz a diferença no interesse dessas pessoas em se especializarem. Temos 160 associações registradas no município, infelizmente não pudemos capacitar todos, mas como o professor falou anteriormente, ano que vem estaremos ratificando esta parceria com mais um curso para os gestores. Quero agradecer também aos nossos demais parceiros: a diretora da Escola Agrícola, que nos cedeu o espaço para a realização do curso, à Prefeitura de Serra Talhada e a Câmara de Vereadores. E qualquer outro curso realizado pela universidade, estaremos prontos para recebê-los, pois conhecimento é essencial; e quando temos informações, melhoramos e mudamos de vida, é isso que o Conselho quer propor aos presidentes e coordenadores de associações e cooperativas do município.